(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Mais R$ 9,2 milhões em projetos industriais aprovados

Economia Comentários 11 de outubro de 2012

Vários municípios, dentre eles Anápolis, vão ser contemplados com novos projetos industriais


Setores de base da economia goiana como indústria, transporte, comércio e outros propulsores do desenvolvimento do PIB e da balança comercial ganharam ontem o reforço da aprovação de R$ 9.202.728,00 em novos investimentos fixos, em projetos de implantação/expansão de empresas pelo programa Produzir.
Os municípios goianos contemplados são Catalão, Jataí, Anápolis, Alexânia, Trindade, Rio Verde, Santa Bárbara e Goiânia, cujo reflexo imediato da implantação/expansão das indústrias será a geração de mais de 200 novos empregos diretos.
O secretário Alexandre Baldy, da Indústria e Comércio, disse que “o reflexo ampliado dos novos projetos aprovados, nos vários setores da economia dos municípios e suas respectivas regiões, poderá ser medido pelo reforço das cadeias produtivas atendidas pelas empresas que já estão operando em Goiás, especialmente naquelas regiões atendidas hoje. Uma destas empresas é a Goldpack, de embalagens, que já está operando em Jataí com estrutura própria e que veio para Goiás em decorrência da movimentação industrial já existente lá”, disse Baldy,
O secretário acrescentou ser também “consequência evidente dos investimentos aprovados ao longo dos últimos anos pelo Governo do Estado, em indústrias de alto padrão, como a Caramuru, Perdigão, a Coimbra e outras de mesmo peso, que vêm para Goiás e aqui desempenham papel fundamental para setores já solidificados como a farmacêutica, indústrias de óleos vegetais, entre outras, que a requisitarão em grande escala”, completou Baldy.
Foram aprovados projetos para os ramos de alimentos, pneus e câmaras de ar, ferragens, equipamentos, comércio e prestação de serviços, cinco empresas atacadistas, uma grande indústria de embalagens de papel/papelão, artefatos e pastas celulósicas, entre outros investimentos de peso para a economia dos municípios.
O superintendente do programa Produzir, Wellington Matos de Lima, numa avaliação do movimento das empresas que buscam Goiás, analisa o exemplo das empresas especializadas no comércio de importação/exportação, que buscam o respaldo dos incentivos do ComexProduzir, “que são reveladoras de um momento muito importante para Goiás, já que estas empresas estão, na verdade, direcionando seus negócios para o nosso Estado, no momento de fazerem as escolhas para instalarem suas plantas. E nossas condições de logística, de infraestrutura e de incentivos só confirmam as expectativas atrativas percebidas por estes investidores”, avaliou o superintendente.
Outro importante investimento para o setor de embalagens, aprovado na reunião de hoje, este para o município de Jataí, foi para a indústria LS Jataí Comércio de Embalagens e Serviços, implantada em Jataí desde 2010, cujos investimentos fixos aprovados com vistas aos benefícios do Produzir são de R$ 3,1 milhões a serem investidos na expansão das suas instalações e serviços. Não apenas para Jataí, mas para toda a região sudoeste de Goiás, esta indústria se encaixa na cadeia produtiva de importantes indústrias como a Coimbra, Perdigão, Caramuru, Comigo, entre outras que movimentam a economia regional.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Economia

Goiás terá maior aporte de recursos para o setor agropecuário em 2018

19/01/2018

O Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste (FCO) destinou em 2017 mais de R$ 7,7 bilhões para investimentos em ...

Receita Federal arrecada mais de R$ 4 bi em 2017 no Município

19/01/2018

Depois de resultados negativos nos dois últimos anos, as arrecadações fazendária e previdenciária acumuladas na área de...

Exportações por Anápolis fecham 2017 com queda preocupante

12/01/2018

As exportações feitas por Anápolis fecharam o ano de 2017 com uma queda de 31,02% frente ao ano de 2016, conforme os dados...

Anápolis termina 2017 com bom estoque de empregos formais

29/12/2017

Apesar da grande diferença na comparação com o mês de outubro, Anápolis manteve o saldo positivo na geração de emprego...