(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Mais quatro unidades de saúde serão construídas

Saúde Comentários 04 de julho de 2014

Os setores Vila União, Parque Residencial das Flores, Residencial Arco- Íris e Parque Iracema serão contemplados com o benefício


A Prefeitura está ampliando o número de unidades de Saúde da Família. Quatro novas unidades serão construídas e, ainda este ano, devem ser integrar à rede de atendimento público. A primeira ordem de serviço, da Vila União, foi assinada na última terça-feira, 1º. Essa unidade contará com três equipes do programa Estratégia de Saúde da Família. As outras três ordens de serviços são para as unidades a serem edificadas no Parque Residencial das Flores, Residencial Arco-Íris e Parque Iracema. Os eventos fazem parte das comemorações do aniversário de 107 anos da cidade.
De acordo com o secretário municipal de Saúde, Luiz Carlos Teixeira, a ampliação da rede da Estratégia de Saúde da Família está em sintonia com o planejamento realizado pela Secretaria Municipal de Saúde. “Estamos levando mais saúde para os bairros mais afastados”, afirmou. Essas unidades funcionam como porta de entrada para a rede do Sistema Único de Saúde (SUS), destacou Luiz Carlos Teixeira.
Segundo o prefeito João Gomes, a expectativa é que em nove meses essas unidades sejam inauguradas. “Nosso trabalho é esse, levar mais da saúde para perto da população”, disse. Além disso, ele lembrou que nos últimos anos foram vários investimentos. “Aumentamos os números de unidades básicas, abrimos mais unidades de saúde 24 horas, investimos em mais programas de prevenção. Temos muito que nos orgulhar do atendimento que oferecemos na nossa cidade”, concluiu.
Para a construção no Parque Residencial das Flores, a ordem de serviço prevê investimento total de R$ 720.924,70 , entre recursos municipais e federais. A unidade também contará com três equipes da Estratégia de Saúde da Família. Na unidade de Saúde da Família do Residencial Arco-Íris, serão investidos cerca de R$ 576 mil, de recursos federais e municipais, sendo que a mesma atenderá com duas equipes do Estratégia de Saúde da Família.
A unidade de Saúde da Família do Parque Iracema apresenta um diferencial em relação às demais. Trata-se da primeira unidade no município que será composta por quatro equipes. A assinatura da ordem de serviço, neste bairro, acontece na sexta-feira, 4, às 9 horas, na Avenida dos Palmares, esquina com a Rua Marechal Deodoro. Os investimentos são da ordem de R$ 887.525,12.

Estratégia de Saúde da Família
Atualmente, Anápolis conta com 33 unidades de saúde da família, onde 53 equipes realizam o atendimento. Cada equipe atende uma média de 3,5 mil pacientes por mês. Elas são compostas, cada uma, por um médico clínico-geral, um enfermeiro, um dentista, um técnico em enfermagem, um auxiliar de saúde bucal e agentes comunitários de saúde.
Além disso, as unidades de Saúde da Família oferecem marcação de consultas e exames nas unidades de referência do município, vacinação e atendimento de todos os programas preventivos como Gestante Feliz, Bebê Sorridente; Controle e Prevenção de Hipertensão e Diabetes (Hiperdia); Saúde da Criança e do Adolescente; Saúde da Mulher; entre outros.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Anápolis precisa ampliar a sua estrutura hospitalar

18/07/2018

Além do Hospital de Urgências “Dr. Henrique Santillo”, Anápolis conta com outras seis unidades hospitalares, entre pú...

Maior conscientização sobre o SAMU pode salvar vidas

18/07/2018

Prestar atendimento pré-hospitalar de urgência e com excelência à população o mais rápido possível. Essa é a missão...

Pessoas especiais têm serviços odontológicos ampliados

18/07/2018

A cadeira de dentista já foi um problema na vida de Maria Beatriz Santos, oito anos. A menina, que tem Síndrome de Down, re...

Necessidade da vacinação infantil

12/07/2018

Há o risco da criação de bolsões de crianças não vacinadas contra as doenças infectocontagiosas. O secretário Estadua...