(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Mais de 60% do programa já foi concluído

Cidade Comentários 19 de junho de 2014

Desde sua implantação foram trocados mais de 30 mil postes, luminárias e reatores da iluminação pública


Criado em 2000 o Programa Nacional de Iluminação Pública Eficiente (Procel Reluz) busca criar um sistema de iluminação eficaz e que garanta melhorias no serviço de iluminação pública oferecido à população. Em Anápolis, a implantação teve início em 2012 e já teve 60% do serviço contratado realizado.
O programa busca ainda modernizar os sistemas de iluminação pública com a introdução de tecnologia mais eficiente, visando à redução do consumo de energia no horário de ponta do sistema elétrico, atenuando gastos com operação e manutenção e aumentando a segurança nas vias públicas.
Desenvolvido em parceria com o governo federal, o Reluz teve um investimento de mais de R$ 21 milhões. Desde sua implantação foram trocados mais de 30 mil postes, luminárias e reatores da cidade.
O secretário municipal de Obras, Serviços Urbanos e Habitação, Clodoveu Reis, explicou que o sistema implantado representa uma economia de cerca de 40% em relação ao modelo antigo de iluminação, e com uma qualidade superior ao substituído. “São vários os benefícios. Além da redução dos gastos e da eficiência, o programa contribui com o meio ambiente e manutenção reduzida”, declarou.

Procel Reluz
O Procel Reluz, iniciativa de abrangência nacional, consiste na implementação de projetos de eficiência energética nos sistemas de iluminação pública e sinalização semafórica por meio da substituição de lâmpadas incandescentes, mistas e a vapor de mercúrio por lâmpadas a vapor de sódio a alta pressão e vapor metálica, mais eficientes. Em alguns casos é possível substituir também as lâmpadas a vapor de sódio já depreciadas, desde que haja redução de potência e aumento da iluminação, que normalmente é alcançado com o uso de luminárias mais eficientes.
No caso da sinalização semafórica, substituem-se as lâmpadas incandescentes por sistemas que utilizam diodos emissores de luz (LEDs), com maior vida útil e consumo de energia até 90% menor. Além das lâmpadas, outros equipamentos são substituídos ou instalados, como relés fotoelétricos, reatores eletromagnéticos, ignitores, luminárias e braços de sustentação.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Anápolis tem novos comendadores

20/07/2017

A Comenda “Gomes de Sousa Ramos”, maior honraria instituída pelo Município, foi entregue a personalidade de diversos se...

Monumentos históricos de Anápolis completam 60 anos

13/07/2017

Ignorados por grande parte da população e, até, pelas autoridades governamentais, dois monumentos que ficam no centro de A...

Câmara Municipal de Anápolis vai ter seu hino oficial em breve

15/06/2017

O vereador Teles Júnior (PMN) informou, durante o uso da tribuna, na sessão ordinária da última segunda-feira,12, que pro...

Presidente da UVG defende 13º e férias para os vereadores

09/06/2017

Em visita à Câmara Municipal de Anápolis, na manhã da última quarta-feira,07, o Presidente da União dos Vereadores de G...