(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Mais de 500 processos são julgados em um dia

Justiça Comentários 05 de junho de 2009

Proposta do Tribunal de Justiça é desafogar, o máximo possível, a tramitação de processos no Foro de Anápolis


Marcado para esta sexta-feira, 05, com a presença do desembargador Paulo Teles, Presidente do Tribunal de Justiça de Goiás, a realização do Projeto “Justiça Ativa”, na Comarca de Anápolis. De acordo com o diretor do Foro local, juiz Gleuton Brito Freire, espera-se a realização do maior número das 559 audiências marcadas. Segundo ele, a maioria absoluta das partes foi intimada. O magistrado disse que esta é a 16ª edição do projeto na comarca e a maior em número de audiências, objetivando, como aconteceu nas vezes anteriores, desafogar a pauta principalmente das ações relacionadas à área de família.
Estão marcadas 377 audiências de família, 122 criminais e 60 cíveis. O atendimento acontece entre 08 e 18 horas, no Fórum “Doutor João Barbosa das Neves”, na Avenida Contorno, Centro.
Além do juiz Gleuton Freire, diretor do Foro, o projeto terá a participação de mais 12 magistrados. São eles: Pedro Paulo de Oliveira; Delintro Belo de Almeida Filho; Algomiro Carvalho Neto; Dioran Jacobina Rodrigues; Aldo Guilherme Saad Sabino de Freitas; Luciana de Araújo Camapum Fernandes; Abílio Wolney Aires Neto; Edna Maria Ramos da Hora; Matheus Milhomem de Sousa; Carlos Eduardo Martins da Cunha, Patrícia de Morais Costa e Sebastião José de Assis Neto.
Desta vez haverá apenas atividade judicante com a expectativa de atendimento de 1.102 pessoas, entre partes, autores e réus. A comarca de Anápolis conta, hoje, com 112.939 mil feitos em andamento.

Autor(a): Da redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Justiça

Em sentença pioneira, porte de “chucho” incide em condenação

12/10/2017

Conhecidas como chucho, as armas artesanais – produzidas pelos próprios detentos – são comuns nos ambientes carcerário...

Juiz propõe investimentos para produção e segurança

24/08/2017

O Juiz de Direito Mateus Milhomem de Sousa, titular do Primeiro Juizado Especial Criminal da Comarca de Anápolis, endereçou...

Juiz propõe investimentos para produção e segurança

24/08/2017

O Juiz de Direito Mateus Milhomem de Sousa, titular do Primeiro Juizado Especial Criminal da Comarca de Anápolis, endereçou...

Condenação de Lula repercute no meio político de Anápolis

13/07/2017

Sentença do Juiz Federal Sérgio Moro condenou a nove anos e seis meses o Ex-Presidente Lula, por crimes de corrupção pass...