(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Mais de 400 empregos com carteira em novembro

Geral Comentários 28 de dezembro de 2012

Município foi destaque em Goiás, na geração de empregos formais, conforme levantamento do Cadastro geral de Empregados e Desempregados


Anápolis é a segunda cidade do Estado que mais gerou empregos formais em novembro, segundo o Ministério do Trabalho. Um saldo positivo de mais de 400 novos postos de trabalho foi registrado no mês, entre admitidos e demitidos, pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).
No município, no mês de novembro, foram admitidas 3.675 pessoas. Em contrapartida foram desligadas 3.273. Dados do Caged demonstram ainda que Goiás apresentou uma queda acentuada na geração de empregos formais, enquanto que em Anápolis o saldo foi positivo.
A administração municipal colabora com esses índices positivos, através de programas que oferecem qualificação profissional, propiciando à comunidade anapolina inserção e permanência no mercado de trabalho. Nos últimos anos mais de 17 mil certificados de qualificação profissional foram entregues para alunos que concluíram cursos de formação inicial, continuada e atualização profissional em 60 áreas ligadas ao comércio, gestão, informática e indústria.
Segundo o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Mozart Soares Filho, de janeiro até novembro foram gerados mais de quatro mil postos de trabalho e a expectativa é ultrapassar cinco mil vagas até o final de dezembro. “Os investimentos em infraestrutura, saúde, saneamento, educação e qualificação de mão de obra foram fundamentais para alcançar esse resultado. As obras do programa Minha Casa, Minha Vida, também tiveram reflexo nessa geração de emprego, pois fez girar a economia da construção civil”, frisou.

Desenvolvimento
Anápolis também se destaca e mais uma vez confirma sua força econômica ao ampliar sua participação na produção das riquezas de Goiás. Com índice de 10,3%, a cidade está em segundo lugar no ranking 2010 dos municípios com maior Produto Interno Bruto (PIB), ficando atrás apenas da Capital. Os dados divulgados pela Secretaria do Planejamento e Desenvolvimento do Estado de Goiás (Seplan), são reflexos dos constantes investimentos da Prefeitura de Anápolis. O levantamento revelou ainda que o PIB anapolino foi o que apresentou maior crescimento.
Outra comprovação deste desenvolvimento da cidade vem por meio do índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM). Anápolis figura entre os cinco municípios goianos com melhor desempenho. A quinta edição do estudo levou em consideração os dados declarados pelos municípios brasileiros em 2010 nas áreas de emprego e renda, educação e saúde. Este é um reconhecimento do trabalho realizado pela Prefeitura de Anápolis em todos os setores.
O índice varia de 0 a 1, quanto mais próximo de 1 maior o nível de desenvolvimento da localidade. Em relação aos dados do ano passado, Anápolis subiu da sétima para quinta colocação. A cidade que, em 2000 apresentava um desenvolvimento moderado, apresentou um grande salto configurando, em 2010, alto nível de desenvolvimento. Das três áreas o destaque foi para emprego e renda, que apresentou o maior aumento, saltando de 0.8148 para 0.8581.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Adoção de selo eletrônico é adiada

22/06/2017

A Secretaria da Fazenda informa que a obrigatoriedade de uso do Selo Fiscal Eletrônico para as embalagens descartáveis de ...

Jovem anapolino abre portas para o difícil universo das fragrâncias

15/06/2017

O jovem anapolino Helder Machado Owner é um exemplo de que o empreendedorismo não tem barreiras. A primeira coisa para aven...

Subseção da OAB entrega Moção a juíza de Anápolis

09/06/2017

A juíza titular da 2ª Vara de Família e Sucessões da comarca de Anápolis, Aline Vieira Tomás, recebeu, na segunda-feira...

Controle da folha de pagamento é um desafio para a Prefeitura

02/06/2017

Dentro do que preconiza a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o Prefeito Roberto Naves e a equipe econômica apresentaram, ...