(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Últimas da Web - Ed.574

Geral Comentários 10 de junho de 2016

Notas Gerais


Mulher de Cunha
O juiz federal Sérgio Moro aceitou denúncia na quinta-feira (9) contra Cláudia Cordeiro Cruz, mulher do presidente afastado da Câmara Eduardo Cunha, o empresário português Idalécio de Castro Rodrigues de Oliveira, o lobista João Augusto Rezende Henriques, e o ex-diretor da area Internacional da Petrobras Jorge Luiz Zelada em um processo oriundo da Operação Lava Jato. Com isso, eles se tornam réus no processo. De acordo com as investigações, Cláudia Cruz se favoreceu, por meio de contas na Suíça, de parte de valores de uma propina de cerca de US$ 1,5 milhão recebida pelo marido.

O impeachment
O ministro do STF Luís Roberto Barroso afirmou que crime de responsabilidade não basta para desencadear um processo de impeachment no País. Em uma palestra para alunos da Universidade de Brasília, ele sustentou que, embora tenha havido infrações em outros governos, a perda de apoio político é condição indispensável para o afastamento do presidente da República. O argumento é semelhante ao que sustenta a defesa a presidente Dilma Rousseff. Segundo ela, os supostos crimes pelos quais responde foram cometidos por outros presidentes sem maiores consequências.

Choro de Pimentel
Investigado pela Polícia Federal no contexto da Operação Acrônimo, o governador de Minas Gerais Fernando Pimentel (PT) chorou na quarta-feira, 8, durante inauguração de fábrica em Poços de Caldas, no Sul do Estado, ao comentar o momento político que vive e citou verso do poeta Fernando Pessoa que diz: “tudo vale a pena quando a alma não é pequena”. Ao se despedir dos convidados para a cerimônia, o governador relatou telefonema que recebeu da filha mais velha. A Operação Acrônimo investiga suposto esquema de lavagem de dinheiro via gráficas para utilização em campanhas políticas.

Sem acordo
O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), afirmou na quinta-feira (9) que não há acordo na Casa entre os parlamentares para barrar uma eventual prisão dele e do senador Romero Jucá (PMDB-RR). Renan Calheiros deu a declaração ao ser questionado por jornalistas sobre reportagem desta quinta do jornal "O Estado de S. Paulo", segundo a qual há uma articulação entre os senadores para barrar as eventuais prisões de Renan e Jucá. “Eu mais do que ninguém tenho total interesse nos esclarecimentos dos fatos. Eu já fiz da minha parte o que era preciso fazer” disse ele.

Aumento garantido
O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou que está garantido o aumento salarial para diversas categorias do funcionalismo aprovado na Câmara, na semana passada, cujo impacto é estimado em R$ 52,9 bilhões em três anos (2016, 2017 e 2018).Meirelles disse, porém, que o presidente em exercício, Michel Temer, ainda discute o aumento proposto para os ministros da Corte, que elevaria os salários dos atuais R$ 33,7 mil para R$ 39,2 mil. “Esse assunto está sendo tratado pelo Presidente e vamos no devido tempo termos maiores detalhes sobre isso”, disse, na saída do STF.

Wagner denunciado
O ministro do Supremo Tribunal Federal Celso de Mello determinou na quinta-feira (9) a remessa de um pedido de abertura de investigação contra Jaques Wagner, ex-ministro do Gabinete Pessoal da Presidência da República, para o juiz federal Sérgio Moro, responsável pelas investigações da Operação Lava Jato. Mello atendeu a requisição da Procuradoria-Geral da República para que o pedido tramite na primeira instância da Justiça Federal em Curitiba, pelo fato de o ex-ministro ter sido exonerado após o afastamento da presidente Dilma e não ter mais a prerrogativa de foro privilegiado.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Programa ID Jovem completa primeiro ano de vigência

08/12/2017

A Secretaria Nacional de Juventude comemora os bons resultados do Programa Identidade Jovem. Em 1 ano de vigência da iniciat...

Aumenta para oito anos prisão de bêbado que dirige e mata

08/12/2017

Após cinco anos de espera, o projeto 5568/2013 foi aprovado pela Câmara dos Deputados. A análise ocorreu na sessão desta ...

Pesquisa aponta intenção de compras dos anapolinos

08/12/2017

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Anápolis acaba de divulgar a pesquisa de intenções de compras do consumidor anap...

Residencial Copacabana recebe plantio de mudas de árvores

08/12/2017

Preservar o meio ambiente e cuidar do planeta. Foi com esta disposição que estudantes do 1º e 2º ano do Ensino Médio do ...