(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Últimas da Web - Ed.570

Geral Comentários 13 de maio de 2016

Notas Gerais


Barbosa critica
O ministro aposentado do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa criticou a tramitação do processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff. Para ele, as decisões sobre o afastamento foram tomadas sem levar a em consideração a opinião da população. “Como explicar ao mundo uma troca de comando tão espetacular? Nada sutil, apenas com a estampa de normalidade, como essa que está ocorrendo no dia de hoje. Como explicar ao mundo uma mudança tão brutal sem que ele, o maior interessado, o povo, tenha sido sequer cogitado como partícipe desse debate”, disse.

Dilma reage
Afastada da Presidência, uma desafiadora Dilma Rousseff convocou a população a se mobilizar para resistir ao "golpe" orquestrado contra ela e defender a democracia. Dilma, primeira mulher presidente do Brasil, foi substituída na presidência por seu vice Michel Temer depois que o Senado decidiu pelo processo de impeachment por 55 votos contra 22 em uma sessão que durou quase um dia inteiro. “A população saberá dizer não ao golpe. Aos brasileiros que se opõem ao golpe, independentemente de posições partidárias, faço um chamado: mantenham-se mobilizados, unidos e em paz", disse.

Ministros de Michel
O presidente interino, Michel Temer, designou 21 dos ministros que integrarão seu gabinete, até agora, todos homens e, em sua maioria, políticos ou empresários. O ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles, próximo aos mercados, é o novo ministro da Fazenda, e o economista José Serra, ex-governador de São Paulo, estará à frente do ministério das Relações Exteriores, disse um porta-voz de Temer ao confirmar 21 indicações. A lista é "provisória e haverá mais nomes", disse o porta-voz. A lista é "provisória e haverá mais nomes", disse ele em entrevista ao portal AFP.

Sobriedade
O presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski, afirmou que não terá "nenhum protagonismo" no comando do processo de impeachment de Dilma Rousseff, função que assume após o afastamento da "O presidente não tem nenhum protagonismo, ele é simplesmente o coordenador do processo, o presidente dos trabalhos. A função dele é garantir que a denúncia possa realmente se explicitar da forma mais clara possível e que a defesa possa exercer o contraditório, enfim, garantir então que haja essa possiblidade que a Constituição garante", afirmou o Ministro.

Fala do juiz
O juiz Sérgio Moro disse que é preciso agir com racionalidade, sem "rancor ou ódio no coração" sobre momento político no País. “É importante, num momento político talvez conturbado, que nós pensemos essas questões apartidariamente e com espírito de tolerância. Devemos continuar sendo intolerantes em relação a esses esquemas de corrupção sistêmica, não pra dirigir rancor ou ódio a pessoas que eventualmente recaiam na tentação de cometer esse tipo de crime, mas no sentido de nós atuarmos para a resolução desse problema e que eles não voltem a acontecer", completou Moro.

Despedida
A presidente afastada Dilma Rousseff pretende ir para Porto Alegre, nesta sexta-feira, descansar por cerca de quatro ou cinco dias. Na volta, ela deve montar uma agenda de eventos e viagens para defender seu governo, enquanto o processo de impeachment tramita no Senado. Dilma almoçou no Palácio da Alvorada com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e ministros. Estiveram com eles no almoço Jaques Wagner, Ricardo Berzoini, Aloizio Mercadante e Nilma Lino Gomes. O presidente do PT, Rui Falcão, também estava presente. O almoço teve caráter de solidariedade a Dilma.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Programa ID Jovem completa primeiro ano de vigência

08/12/2017

A Secretaria Nacional de Juventude comemora os bons resultados do Programa Identidade Jovem. Em 1 ano de vigência da iniciat...

Aumenta para oito anos prisão de bêbado que dirige e mata

08/12/2017

Após cinco anos de espera, o projeto 5568/2013 foi aprovado pela Câmara dos Deputados. A análise ocorreu na sessão desta ...

Pesquisa aponta intenção de compras dos anapolinos

08/12/2017

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Anápolis acaba de divulgar a pesquisa de intenções de compras do consumidor anap...

Residencial Copacabana recebe plantio de mudas de árvores

08/12/2017

Preservar o meio ambiente e cuidar do planeta. Foi com esta disposição que estudantes do 1º e 2º ano do Ensino Médio do ...