(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Últimas da Web - Ed.550

Geral Comentários 18 de dezembro de 2015

Notas Gerais


Poço de propinas
A Polícia Federal deflagrou, na quinta-feira, 17, a operação Sangue Negro que investiga o desvio de dinheiro de contratos da Petrobras para o pagamento de propinas ocorrido a partir de 1997. Policiais federais cumpriram mandados judiciais em Curitiba, no Paraná, e no Rio de Janeiro e em Angra dos Reis. A investigação teve início antes da operação Lava Jato, embora todos os alvos estejam relacionados com essa investigação. Dois dos mandados de prisão foram expedidos contra pessoas já presas em Curitiba. As buscas acontecem nas casas dos investigados e em uma empresa de prospecção de petróleo.

Cunha na corda bamba
A análise do pedido de afastamento do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, entregue ao Supremo Tribunal Federal será feita apenas em fevereiro. Como o Judiciário entra em recesso na sexta-feira e o pedido feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, tem quase 200 páginas, não há tempo hábil para a análise do relator, ministro Teori Zawaski. Para Janot, Cunha usa o cargo para intimidar parlamentares e cometer crimes. As casas dele em Brasília e no Rio foram alvo de buscas na Operação Lava Jato. Ele é alvo de três inquéritos oriundos da operação no STF.

Citação da Presidente
Maria Thereza de Assis Moura, ministra relatora no TSE da ação que propõe a cassação da chapa de Dilma Rousseff e Michel Temer, voltou ao TSE para disparar a citação da dupla, do PT e do PMDB. Maria Thereza já estava em casa quando soube que a Procuradoria Geral Eleitoral havia devolvido o processo ao TSE. A partir da notificação dos réus, começa a valer o prazo de sete dias corridos para a apresentação da defesa. Como o recesso do Judiciário começa no próximo sábado e os prazos processuais ficam suspensos durante o recesso, o prazo só terminará no início de fevereiro do ano que vem.

Bolsonaro, de novo
O deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) foi novamente condenado a indenizar a deputada Maria do Rosário (PT-RS) por ter dito que não a estupraria porque ela “não merecia”. A assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios informou que a 3ª Câmara Cível manteve a decisão de primeira instância, anunciada em setembro deste ano. De acordo com a assessoria, além da indenização no valor de R$ 10 mil, a Justiça determinou que Bolsonaro se retrate das ofensas em todas as suas páginas oficiais e não apenas no canal YouTube, como havia sido decidido anteriormente.

Dilma no ataque
No discurso mais duro até agora em defesa de seu mandato, a presidente Dilma Rousseff convocou os jovens que a receberam entusiasmados na 3ª Conferência Nacional da Juventude a "lutar pela democracia" e disse que está em curso "uma batalha que ditará os rumos do País por muito tempo". No encontro com os jovens, ela foi recebida pelo grupo mais entusiasmado, com os já tradicionais gritos de "não vai ter golpe, vai ter luta" e "renova a esperança, a Presidente Dilma Rousseff Dilma é guerrilheira e na luta não se cansa" interrompendo sua fala em vários momentos.

A Petrobras
O maior desafio da Petrobras, cercada de péssimas notícias é reduzir sua imensa dívida, que supera em cinco vezes o valor de mercado da companhia - disse o presidente da empresa, Aldemir Bendine. Desde 2014, a Petrobras enfrenta um péssimo cenário que combina a queda do preço do barril de petróleo de US$ 114 para US$ 37, a alta do dólar a quatro reais, a revolução na indústria criada pelo gás de xisto e um megaescândalo de corrupção executada internamente com a conivência das maiores construtoras do país, que custou bilhões de dólares, arruinando sua imagem.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Capitão Waldyr pode ser nome da Plataforma

13/07/2017

Decano da indústria, com uma folha de mais de 60 anos prestados aos classismo e, em especial, à Federação das Indústrias...

Prevista redução de construtores com novas exigências do MC

13/07/2017

A exigência do Ministério das Cidades para que todos os pequenos e médios construtores tenham o Cadastro Nacional da Pesso...

Anápolis presente no Conselho Nacional de Juventude

06/07/2017

A assessora de juventude da Secretaria Municipal de Cultura, Larissa Pereira, foi eleita para ocupar uma das três cadeiras d...

Ubiratan Lopes é empossado na presidência da FACIEG

29/06/2017

O empresário anapolino Ubiratan da Silva Lopes foi empossado na presidência da Federação das Associações Comerciais, In...