(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Últimas da Web - Ed.539

Geral Comentários 02 de outubro de 2015

Notas Gerais


Mídias suspeitas


Em diligência da Operação Acrônimo, a Polícia Federal apreendeu diversas mídias eletrônicas na casa do ex-ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior Mauro Borges, em Belo Horizonte. A informação foi confirmada pelo advogado do executivo, Marcelo Leonardo. Borges atualmente é presidente da Companhia Energética de Minas Gerais. De acordo com seu advogado, as diligências de busca e apreensão atenderam à determinação Superior Tribunal de Justiça e se referem ao período em que ele foi ministro (em 2014), “não havendo qualquer ligação com a Cemig”, disse.


Luz mais cara


alta na conta de luz em 2015 poderá ser ainda maior do que a estimada nos últimos dias e alcançar entre 50% e 60% nas regiões Sudeste, Sul e Centro-Oeste, se considerados o aumento extraordinário em fevereiro e os reajustes ordinários para as distribuidoras de eletricidade ao longo do ano. As regiões Norte e Nordeste, o aumento total da conta de luz neste ano ficaria em torno de 25% em média. A informação é da agência Reuters. Ela teve acesso a simulações feitas com base na realidade tarifária de cada região do país e no orçamento da Conta de Desenvolvimento Energético (CDE).


Cunha em apuros


Um grupo de parlamentares de PT, PSOL, PSB, PMDB e Rede apresentou nesta quinta-feira, 01, um requerimento em que solicitam ao presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), informações sobre investigações de contas bancárias na Suíça em nome dele e de alguns de seus familiares. O requerimento, também, será apresentado à Procuradoria-Geral da República e, caso Eduardo Cunha não se manifeste até a próxima semana, os parlamentares apresentarão ao Conselho de Ética da Câmara um requerimento para que o Presidente possa apresentar seus dados bancários e fiscais.


Calote gaúcho


Como já era previsto, o Rio Grande do Sul teve as contas bloqueadas nesta quinta-feira, 1º, pela Secretaria do Tesouro Nacional devido ao não pagamento da parcela da dívida com a União referente a setembro. O governo gaúcho deveria ter repassado R$ 266,6 milhões ao governo federal nesta quarta-feira, 30, último dia útil do mês, mas priorizou o pagamento integral da folha do funcionalismo estadual e ficou mais uma vez inadimplente com a União. De acordo com o secretário da Fazenda, Giovani Feltes, o novo calote se dá "por absoluta falta de dinheiro" para cumprir os compromissos.


Fidelização ao Governo


A presidente Dilma Rousseff espera fidelizar sua base aliada no Congresso com a reforma ministerial em gestação no Palácio do Planalto e abrir caminho para aprovação de medidas vistas pelo governo como fundamentais para equilibrar as contas públicas, disse o líder do governo no Senado, Delcídio do Amaral (PT-MS). Dilma se reuniu com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em Brasília, segundo Delcídio, para "arredondar" os últimos detalhes da dança de cadeiras no ministério. As mudanças envolvem um espaço maior para o PMDB, maior partido da coalizão governista.


Pedaladas de Dilma


O relator das contas de 2014 do governo Dilma Rousseff no Tribunal de Contas da União, Augusto Nardes, afirmou que vai liberar seu voto para os demais ministros. Nardes deu demonstrações claras de sua orientação ao comentar as "pedaladas fiscais" e o momento vivido pelo País: "As contas presidenciais sempre foram aprovadas com ressalvas pelo TCU nos últimos 80 anos e ninguém tinha coragem de mudar esse quadro. Eu resolvi mudar esse quadro. Nós aqui não somos a Grécia, que tem a Europa para salvá-la. Nós mesmos temos que resolver os problemas do Brasil", disse Nardes.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Capitão Waldyr pode ser nome da Plataforma

13/07/2017

Decano da indústria, com uma folha de mais de 60 anos prestados aos classismo e, em especial, à Federação das Indústrias...

Prevista redução de construtores com novas exigências do MC

13/07/2017

A exigência do Ministério das Cidades para que todos os pequenos e médios construtores tenham o Cadastro Nacional da Pesso...

Anápolis presente no Conselho Nacional de Juventude

06/07/2017

A assessora de juventude da Secretaria Municipal de Cultura, Larissa Pereira, foi eleita para ocupar uma das três cadeiras d...

Ubiratan Lopes é empossado na presidência da FACIEG

29/06/2017

O empresário anapolino Ubiratan da Silva Lopes foi empossado na presidência da Federação das Associações Comerciais, In...