(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Últimas da Web - Ed.519

Geral Comentários 14 de maio de 2015


Marina critica Dilma


A crise no Brasil é política, econômica e, daqui a pouco, também será social, afirmou a ex-senadora Marina Silva. "As pessoas estão perdendo o emprego, vivendo as dificuldades da inflação, sofrendo com o baixo crescimento", disse ela, ressaltando que, se a presidente Dilma Rousseff tivesse reconhecido a gravidade da situação antes e não tivesse mentido durante a campanha presidencial de 2014, o pacote de medidas imposto pelo governo não precisaria ser tão doloroso.  "A campanha negando os problemas faz com que as medidas não sejam entendidas pela sociedade", ressaltou Marina Silva.


 


Ainda a Lava Jato


O juiz Sérgio Moro, que conduz as ações da Operação Lava Jato, disse que não vai entrar em 'falsas polêmicas' com a empreiteira OAS, sob suspeita de ter integrado cartel na Petrobras. Moro decidiu sobre os termos de uma petição subscrita pelos advogados da OAS que comunicaram a intenção de não entregar cópias dos contratos firmados com a JD Assessoria e Consultoria, empresa controlada pelo ex-ministro José Dirceu (Casa Civil). Os advogados alegaram que em um momento anterior da Lava Jato, o magistrado decretou 'injustamente' a prisão de seus executivos, em novembro de 2014.


 


Outra doença


O Instituto Evandro Chagas confirmou na quinta-feira, 14, 16 casos de Zika Vírus no País - oito no Rio Grande Norte e oito casos na Bahia. O resultado dos exames foi divulgado pelo ministro da Saúde, Arthur Chioro. Ele afirmou que a Pasta já esperava a confirmação e que outros casos devem ocorrer. "É preciso deixar claro que essa não é nossa preocupação. Estamos preocupados com a dengue", afirmou. Chioro disse que, embora possa provocar muito incômodo, a Zika não tem risco de morte. A doença provoca febre, vermelhidão nos olhos, dores nas articulações, no corpo e de cabeça.


 


Governo X aposentados


O vice-presidente da República, Michel Temer, afirmou que o Governo "não é contra" a mudança aprovada pela Câmara dos Deputados, no fator previdenciário, que é o cálculo utilizado para a concessão de aposentadorias. Já o líder do governo, deputado José Guimarães (PT-CE), classificou a alteração na regra previdenciária de derrota para o País. A mudança foi aprovada pela Câmara por meio de uma emenda do PTB na medida provisória que altera o acesso da população à pensão por morte e faz parte do ajuste que o governo propôs ao Congresso para reduzir gastos e reequilibrar as contas da União.


 


Deputados em conflito


A deputada Jandira Feghali (PC do B-RJ) pediu ao Supremo Tribunal Federal a abertura de investigação contra o deputado Alberto Fraga (DEM-DF) por suposta incitação à prática de crime e ameaça, crimes punidos com pena de até seis meses de prisão cada um, além de multa. Na queixa-crime, a parlamentar acusa o colega de "incitar o ódio e a violência contra as mulheres" por declarações dirigidas a ela no último dia 06 de maio no plenário da Câmara.  Durante discussão sobre o ajuste fiscal, Fraga disse que "mulher que participa da política e bate como homem tem de apanhar como homem”.


 


Dilma e a Petrobras


A presidente Dilma Rousseff afirmou na quinta-feira (14) que a Petrobras "merece" e a sociedade "exige" o fim de casos de corrupção na estatal. Ela participou do batismo do navio Marcílio Dias e da viagem inaugural do navio petroleiro André Rebouças, no Estaleiro do Atlântico Sul. A Petrobras perdeu valor de mercado desde que as denúncias vieram à tona no ano passado. As suspeitas de irregularidades provocaram a troca da cúpula da empresa e motivaram fundos de investimentos a ingressarem na Justiça para reivindicarem indenizações em razão de supostos prejuízos causados aos investidores.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

PROCON vê medidas para impedir os abusos nos preços

16/11/2017

A superintendente do Procon Goiás, Darlene Araújo, afirmou na última terça-feira, 14, que, em conjunto com a Delegacia do...

Dona de casa tem direito aos benefícios do INSS?

16/11/2017

A Previdência Social é o ombro amigo da população brasileira, e tem como um dos princípios a solidariedade que busca amp...

Conferência debate os rumos da saúde

16/11/2017

A 10ª Conferência Municipal de Saúde será realizada nos dias 04, 05 e 06 de dezembro próximo. Na oportunidade, serão de...

Joanápolis sedia a Festa do Milho

16/11/2017

Agregar valor à produção local e movimentar a economia. É com este objetivo que a Prefeitura, via Secretaria Municipal de...