(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Livro destaca legado dos “Irmãos Coragem” para a política

Cidade Comentários 24 de junho de 2016

“Da Colônia de Cocais aos Palácios - Memórias da Família Santillo”, foi lançado em Goiânia, no Palácio das Esmeraldas, e em Anápolis, no auditório da Rádio Manchester


Muitos anapolinos conhecem o nome Virgínio Santillo, atribuído a um tradicional colégio da Rede Estadual de Ensino, no Bairro Maracanã. A história por trás deste nome faz jus à homenagem e, agora, ela pode ser conhecida com mais detalhes através do livro: “Da Colônia de Cocais aos Palácios - Memórias da Família Santillo”, de autoria do Ex-Prefeito e Ex-Deputado Adhemar Santillo. A publicação foi lançada em Goiânia, na segunda-feira, 20, em solenidade no Palácio das Esmeraldas, e na terça-feira, 21, em Anápolis, no auditório da Rádio Manchester, em dois eventos que movimentaram o meio político goiano.
“Tinha um compromisso comigo mesmo, compromisso com a verdade histórica, de contar, enquanto tenho memória boa, o porquê de meus pais, Virgínio e Elydia, juntamente com Henrique, eu e Romualdo, vindos de Ribeirão Preto-SP, desembarcamos num dia de 1944, em Anápolis, e daqui nunca mais sairmos”, justificou o autor, lembrando que o pai não deixou a cidade do interior paulista, onde vivia, fugindo de credores ou por ter cometido crime, “mas para garantir à sua família o direito de viver dignamente, em liberdade, longe das garras dos Eugenistas (movimento intelectual do início do século XX, a que setores da intelectualidade nacional aderiram com entusiasmo e que para as elites brasileiras, era um símbolo de modernidade) que queriam isolá-lo na Colônia de Cocais e internar seus três filhos em preventórios”.
“O grande arquiteto da nossa família e, por isso, nosso líder maior nessa história, é esse roceiro de Cravinhos-SP, de poucos estudos, mas um herói e reserva moral, orgulho de todos nós”, reforça Adhemar Santillo, a reverência ao pai.
O casal Virgínio e Dona Elydia, talvez, não imaginaria o legado de seus três filhos para Anápolis, Goiás e o Brasil. Conhecidos como os “Irmãos Coragem”, Henrique Santillo e seus irmãos Adhemar e Romualdo escreveram capítulos importantes da vida política e administrativa local, regional e nacional. Foram vozes reconhecidas em defesa das liberdades democráticas, entrincheirados no antigo MDB (Movimento Democrático Brasileiro).
Henrique Santillo, o mais velho dos “Irmãos Coragem”, construiu a biografia mais completa que um político pode ter. Nascido em 23 de agosto de 1937, formou-se em Medicina, mas abraçou a carreira política, iniciando sua trajetória como vereador em Anápolis, na legislatura de 1965 a 1969 e logo depois se elegeu Prefeito, administrando o Município de 1969 a 1972. Depois, foi eleito deputado estadual, para a legislatura de 1975 a 1979. Em 1987, foi eleito para o Governo de Goiás, administrando o Estado de 1987 a 1991. Entre 1993 e 1995, Henrique Santillo exerceu o cargo de Ministro da Saúde, onde deu o pontapé ao Programa de Saúde da Família e à campanha antitabagista. Em 1999, foi secretário de Saúde em Goiás. De 1999 a 2002, foi conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Goiás, inclusive, exercendo a presidência do órgão. Faleceu no dia 25 de junho de 2002, portanto, completando, agora, 14 anos.
Adhemar Santillo (autor do livro), também, construiu uma biografia política sólida. Nascido em 13 de novembro de 1939, fez nome no rádio como cronista desportivo. Na política, iniciou a carreira, como o irmão Henrique, no movimento estudantil. Foi eleito deputado estadual para a legislatura de 1971 a 1975. Foi, ainda, eleito para três mandatos consecutivos de deputado federal: 1975 a 1979; 1979 a 1983 e 1983 a 1987. No ano de 1985, foi eleito Prefeito de Anápolis, após o Município passar mais de uma década sem eleger pela via direta os seus mandatários, por ser considerado “de interesse da Área de Segurança Nacional”. Foi reeleito para o cargo no período de 1997 a 2001. Adhemar Santillo, também, foi secretário de Governo, na Administração Estadual, na gestão do irmão Henrique. Atualmente, é diretor da Rádio Manchester, casado com Onaide Santillo, que foi, por três vezes, eleita deputada estadual.
Caçula dos “Irmãos Coragem”, Romualdo Santillo, nascido em 14 de fevereiro de 1942 foi, também, uma liderança emergente do movimento estudantil. Formou-se em Direito e construiu uma carreira sólida no rádio anapolino. Foi deputado estadual em duas legislaturas consecutivas: 1983 a 1987 e 1987 a 1991.Na legislatura de 1991 a 1995 ficou na suplência e assumiu o cargo durante o ano de 1995. Foi, também, secretário de Administração na gestão de Adhemar Santillo na Prefeitura de Anápolis (1997 a 2000).

Lançamento
No lançamento do livro em Goiânia, Adhemar Santillo foi prestigiado pelos governadores Marconi Perillo (anfitrião, que fez questão de recepcionar a noite de autógrafos) e Marcelo Miranda, Governador do Estado do Tocantins, que estava acompanhado do pai, Brito Miranda, ex-deputado. Em Anápolis, o evento foi prestigiado pelo Prefeito João Gomes; pelo Deputado Estadual Carlos Antônio e várias lideranças de seu antigo partido, o PMDB, e do atual, o PSDB.
“O livro Da Colônia de Cocais aos Palácios - Memórias da Família Santillo, de Adhemar Santillo, lançado no Palácio das Esmeraldas, conta a história desta família que contribuiu para o desenvolvimento de Goiás. O governador Henrique Santillo foi minha inspiração e ainda hoje é referência de integridade e compromisso para com a vida pública”, ressaltou Marconi Perillo.
O Prefeito João Gomes, também, destacou a importância histórica da atuação dos irmãos Santillo, em especial, para o desenvolvimento de Anápolis, no campo político e administrativo.

Autor(a): Claudius Brito

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Anápolis tem novos comendadores

20/07/2017

A Comenda “Gomes de Sousa Ramos”, maior honraria instituída pelo Município, foi entregue a personalidade de diversos se...

Monumentos históricos de Anápolis completam 60 anos

13/07/2017

Ignorados por grande parte da população e, até, pelas autoridades governamentais, dois monumentos que ficam no centro de A...

Câmara Municipal de Anápolis vai ter seu hino oficial em breve

15/06/2017

O vereador Teles Júnior (PMN) informou, durante o uso da tribuna, na sessão ordinária da última segunda-feira,12, que pro...

Presidente da UVG defende 13º e férias para os vereadores

09/06/2017

Em visita à Câmara Municipal de Anápolis, na manhã da última quarta-feira,07, o Presidente da União dos Vereadores de G...