(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Livro aborda maus tratos a animais

Geral Comentários 26 de agosto de 2016

Título é assinado pela Médica Veterinária Elisângela de Albuquerque Sobreira, do Centro de Controle de Zoonoses


Nesta noite desta quinta-feira,25, no auditório do Parque Ipiranga, aconteceu o lançamento do livro “Maus tratos aos animais silvestres de estimação- Aspectos éticos e ambientais”, de autoria da Médica Veterinária Elisângela de Albuquerque Sobreira.
O evento contou com palestra e seção de autógrafo com a escritora. O livro pode ser adquirido ao preço de R$ 45, sendo que toda a renda auferida na oportunidade, será destinada ao Projeto Moggli, que atua na preservação de primatas do cerrado.
Elisângela de Albuquerque Sobreira é Médica Veterinária graduada pela Universidade Federal de Goiás (UFG); mestre em Ecologia e Evolução também pela UFG; especialista em Administração Rural pela Universidade Federal de Viçosa (UFV); doutoranda em Animais Selvagens pela Universidade Estadual Paulista (Unesp) e é diretora do Centro de Controle de Zoonoses do Município de Anápolis.
Segundo a autora, o Livro “Maus tratos aos animais silvestres de estimação- Aspectos éticos e ambientais” tem como objetivos: oferecer ao leitor um entendimento de como se dá a relação entre os indivíduos e os animais silvestres criados como animais de estimação, mais especificamente, como esta relação fundamenta os maus-tratos a estes animais; definir o grupo de casos de maus-tratos aos animais; identificar qual a espécie animal mais envolvida nos maus-tratos; avaliar qual a espécie mais procurada para serem criadas como animais de estimação; analisar os aspectos éticos e comportamentais que levam as pessoas à adotarem animais silvestres como estimação. Elisângela acrecenta que a publicação também aborda os impactos decorrentes da subtração destes animais dentro do ecossistema, quanto à conservação das espécies e do meio ambiente. Conforme observa, embora exista uma legislação protetiva contra a crueldade em animais, a mesma é praticamente menosprezada. “Os seres humanos não só não respeitam os direitos dos animais como também os obrigam a emitir comportamentos que não são da sua natureza. Por tal razão, que é preciso alçar antes mesmo de uma linguagem jurídica correta e fiscalizada a busca por valores morais e éticos na sociedade humana”, resume.
Quem tiver interesse em adquirir o livro entrar em contato por e-mail: elilage.vet@gmail.com ou por telefone: (62) 99997-9481 (Whatsapp).

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

UniEVANGÉLICA - Seminários destacam direitos da pessoa com deficiência

20/09/2018

Foi promovido nesta semana na UniEVANGÉLICA o Seminário dos Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, uma iniciativa d...

Regulamenta lei que proíbe fabricação e uso do cerol

20/09/2018

O governo de Goiás editou o Decreto n° 9.316, de 18 de setembro de 2018, que regulamenta a Lei n° 17.700/2012, que dispõe...

Comarca de Anápolis fica de fora do plano para a expansão de novas varas

20/09/2018

A Comarca de Anápolis ficou de fora da primeira fase do plano de reestrutura judiciária, definido pela Lei 20.254/18, que d...

Vereador destaca do Dia do Vicentino

20/09/2018

Em discurso no pequeno expediente, durante a sessão ordinária da última quarta-feira,19, o vereador Lisieux José Borges (...