(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Lideranças religiosas preparam a próxima etapa da campanha

Cidade Comentários 08 de setembro de 2017

Projeto “Lamparina de Diógenes”, tem demanda acima da expectativa. Grande evento é preparado para o final de ano


A campanha “Eu sou do bem, eu sou de Deus” continua propagando a sua mensagem, através da Lamparina de Diógenes, uma alusão a um personagem da Grécia antiga que foi exilado de sua cidade e mudou-se para Atenas, onde perambulava pelas ruas carregando uma lamparina, mesmo durante o dia, alegando estar procurando por um homem honesto. A campanha, em Anápolis, busca mostrar que todos têm uma luz interior que foi dada por Deus e esta chama deve ser utilizada para a prática do bem, em contraponto com o mal que se revela de diversas formas: na violência e na criminalidade, na corrupção e mesmo no comportamento inadequado que está em sentido oposto aos valores morais e éticos que devem reger a convivência social.
No início da noite da última quarta-feirra,06, lideranças de várias religiões se reuniram no auditório do Juizado da Infância e Juventude com o objetivo de abençoar um novo lote de lamparinas; avaliar o andamento da campanha e discutir a nova etapa, que prevê para o final do ano um grande evento, segundo adiantou o Juiz Carlos Limongi Sterse, presidente de honra da ONG Cruzada pela Dignidade. Ele destacou que já está sendo procurado um local e a ideia inicial é que, no dia do evento, todas as lamparinas adentrem o local carregadas pelas lideranças religiosas e de várias instituições que abraçaram a causa. Além disso, estão sendo programadas algumas atividades culturais e o ponto maior seria o já tradicional encontro inter-religioso, com a participação de católicos, protestantes, espíritas, islamitas, bahai´s e outras comunidades religiosas.
Fazendo um balanço da campanha, as lideranças religiosas, da ONG Cruzada pela Diginidade e da Prefeitura, que também esteve representada na reunião, informaram que tem sido muito grande a resposta da comunidade à mensagem que está sendo levada às igrejas, escolas, empresas, órgãos públicos e em todos os locais, enfim, por onde a Lamparina de Diógenes tem passado.
“Por isso, estamos aqui abençoando mais um lote de lamparinas, para que o nosso trabalho tenha continuidade, propagando o bem”, destacou o Juiz Carlos Limongi. Ele destacou que a campanha “Eu sou do bem, eu sou de Deus” é uma iniciativa da comunidade e todos os segmentos representados estão aptos a levar sua mensagem.
A campanha, de caráter contínuo, possui três vertentes: a primeira é a prática do bem e a busca para o crescimento pessoal como filho, como pai ou mãe, como esposo (a), como cidadãos; Sem dias sem oração (com “S” mesmo, o que significa que as orações não têm dia para terminar); e a utilização das redes sociais para divulgar apenas coisas edificantes.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

LDO estima receitas e despesas em mais R$ 1,5 bilhão para Anápolis em 2020

17/04/2019

O Prefeito Roberto Naves encaminhou à Câmara Municipal, o Projeto de Lei Complementar (PLC nº 008/2019) dispondo sobre a L...

Procurador da Enel diz que empresa investirá cerca de R$ 6 bilhões

17/04/2019

Já quase na etapa final da sessão da CPI da Enel em Anápolis, o advogado da empresa, Lúcio Flávio de Paiva, teve a palav...

Ações do Governo de Goiás em Anápolis começam pelo DAIA

13/04/2019

O Governador Ronaldo Caiado (DEM) cumpriu agenda em Anápolis nesta quinta-feira 11/04. Foi a primeira vinda dele ao Municíp...

Fechamento da Delegacia da Receita Federal gera apreensão em Anápolis

13/04/2019

O possível fechamento da Delegacia da Receita Federal em Anápolis tem gerado preocupação em diversos setores da sociedade...