(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Laboratório no DAIA apura os prejuízos causados por incêndio

Cidade Comentários 09 de novembro de 2013

Incêndio de grandes proporções destruiu parte da indústria farmacêutica GeoLab, na manhã da última quarta-feira, 06, mobilizando cerca de 80 bombeiros


Um incêndio de grandes proporções destruiu parte das instalações da indústria farmacêutica Geolab, localizada no Distrito Agroindustrial de Anápolis. Era por volta das 09 horas da manhã quando o Corpo de Bombeiros foi acionado, chegando rapidamente ao local. Segundo o Tenente-Coronel Dewislon Mateus, comandante regional da corporação, 80 bombeiros e 15 viaturas foram mobilizados para atender à ocorrência, que contou, também, com o apoio da Brigada de Incêndio do Porto Seco.
O sinistro foi controlado por volta das 13 horas e o trabalho de rescaldo continuou durante todo o período da tarde. A grande dificuldade no combate ao incêndio, de acordo com os bombeiros, foi a presença de material isotérmico e farmoquímico dentro da indústria. O efetivo empregado na ocorrência trabalhou no sentido de confinar o incêndio e evitar a propagação para outros prédios.
Na quinta-feira, 07, a direção do Laboratório divulgou uma nota oficial à imprensa, que segue na íntegra:
“Em virtude das informações divulgadas em relação ao incêndio ocorrido na manhã desta quarta-feira (6) na Indústria Farmacêutica Geolab, localizada no Distrito Agroindustrial de Anápolis (Daia), a direção da empresa informa que as chamas já foram apagadas ontem no início da tarde, e não há risco de novos focos de incêndio.
A Geolab, desde o primeiro momento, priorizou pelo bem estar e saúde de seus colaboradores. A empresa esclarece que três empregados foram levados pelo Serviço Móvel de Urgência (SAMU) ao Hospital de Urgência de Anápolis (HUANA), onde receberam os atendimentos por terem inalado fumaça. Um deles foi transferido para o Hospital Evangélico Goiano (HEG), está em situação estável, não corre risco de morte. Ele é acompanhado por um médico da empresa.
Todos os colaboradores receberam o acompanhamento médico e assistencial, de maneira constante por parte de representantes da empresa. A Geolab manifesta ainda que continuará prestando toda a assistência necessária aos funcionários.
O incêndio começou por volta das 9 horas, no primeiro pavimento indústria e imediatamente a brigada de combate a incêndio da Geolab atuou na retirada dos colaboradores do interior da empresa com agilidade necessária e no combate ao incêndio. A direção agradece pelo apoio voluntário de funcionários, de empresas vizinhas, a atuação do Corpo de Bombeiros e equipes de resgate.
É importante destacar que a causa e a extensão dos danos ainda estão sendo apuradas pela empresa juntamente com peritos especializados. Assim que tivermos mais detalhes sobre o fato, passaremos mais informações”.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Oposição e situação criam embate por situação do PETI

19/04/2017

Ao usar a tribuna na sessão de quarta-feira ,19, o vereador Antônio Gomide (PT) falou sobre a necessidade de a gestão muni...

Caixa equilibrado foi a maior conquista, avalia Roberto Naves

12/04/2017

Numa entrevista coletiva, com a presença de quase todos os membros de seu secretariado e de vários vereadores, o Prefeito R...

Prefeitura anuncia revitalização do Mercado Municipal em curto prazo

07/04/2017

O Mercado Municipal “Carlos de Pina” é um dos principais pontos turísticos da cidade e também um local tradicional de ...

Alvará de funcionamento terá rigorosa fiscalização na Cidade

23/03/2017

A Divisão de Fiscalização e Posturas vai desencadear, no início de abril, uma intensa e rigorosa fiscalização em todos ...