(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Kátia Maria diz que “time de Lula” está motivado para buscar votos

Política Comentários 06 de setembro de 2018

Candidata do Partido dos Trabalhadores fez campanha em Anápolis e avaliou cenário político do pleito de outubro, mesmo sem o líder maior


A candidata do Partido dos Trabalhadores, Kátia Maria, fez campanha em Anápolis na última quarta-feira, 05. Ela participou de uma caminhada na Vila Jaiara, acompanhada por vários candidatos da chapa (PT/PC do B). A petista fez um balanço da campanha e falou sobre a situação envolvendo a impugnação da candidatura de Lula à Presidência da República.
De acordo com Kátia Maria, a população tem recebido com “muito carinho e respeito” a campanha e que o “time de Lula”, ou seja, ela, o Vice Nivaldo e os candidatos ao Senado, Professora Geli e Luiz César Bueno, está percorrendo o Estado para, segundo Kátia Maria, apresentar um projeto efetivo de mudança em Goiás. A petista avaliou que espera o crescimento na avaliação do eleitorado, após o início da propaganda no horário político, através do qual a coligação tem o terceiro maior tempo de aparição.
“Estamos prontos para o debate e para construir uma proposta real de mudança em Goiás e Anápolis está dentro desse contexto”, disse, acrescentando que, sendo eleita, quer atuar para que o desenvolvimento econômico no Estado e na região seja transformado em qualidade de vida.
Quanto à impugnação da candidatura de Lula à Presidência da República, segundo Kátia Maria, durante a campanha, tem percebido a indignação da população com a “perseguição” sofrida pelo petista. Ela diz que o partido não quer tratamento diferenciado, mas gostaria que houvesse uma isonomia em relação ao que ocorreu na eleição passada. Ela, entretanto, disse que a militância está “de cabeça erguida” e que Lula é o representante maior do projeto de transformação do Brasil e de Goiás.
Kátia Maria avaliou que, caso a candidatura de Lula não se viabilize, de fato, o nome de Fernando Haddad deve absorver o eleitorado que votaria em Lula. “A direita está esperneando para tentar se manter no segundo turno, porque a primeira vaga é do PT”, acredita.

Autor(a): Claudius Brito

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Daniel se compromete a reduzir IPVA em até 15%

20/09/2018

O candidato ao governo de Goiás pela Coligação Novas Ideias, Novo Goiás (MDB, PP, PRB e PHS), Daniel Vilela (MDB), afirmo...

Candidatura de Caiado ganha mais reforços de lideranças evangélicas

20/09/2018

O respeito e a credibilidade do Bispo Abigail (PSC) junto à sociedade goiana trouxeram um novo peso político à campanha el...

Zé Eliton diz que educação será prioridade em seu novo governo, caso seja reeleito

20/09/2018

O governador Zé Eliton (PSDB) afirmou que avançar mais na Educação é a máxima prioridade de seu novo governo e que a li...

Samuel Gemus: “Trago um novo jeito de fazer política nesta eleição”

20/09/2018

Aos 36 anos de idade e já dono de um extenso currículo na área médica, Samuel Fayad Gemus, ou Dr. Samuel, como muitos o c...