(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Júnior do Friboi poderá tirar Lúcia Vânia do páreo

Política Comentários 27 de fevereiro de 2010

Surgimento da candidatura do maior empresário o ramo de carnes das Américas, pode causar um estrago na estrutura majoritária encabeçada pelo Senador Marconi Perillo


A notícia de que o empresário José Batista Sobrinho (Júnior do Friboi) nascido em Anápolis, e considerado o maior capitão de indústria do setor de carnes e derivados das Américas, pode se candidatar a Senador da República por Goiás, fez abalar a estrutura de apoio à eventual candidatura do PSDB ao Governo, a saber, a do senador Marconi Perillo. “Júnior do Friboi” é filiado ao PTB, partido aliado de Marconi Perillo e estaria sendo, digamos, seduzido a disputar uma das duas vagas de senador por Goiás nas eleições deste ano. Se isto, realmente, se concretizar, pode custar o sacrifício da candidatura à reeleição da senadora Lúcia Vânia (PSDB) que seria direcionada para concorrer a outro posto. Fala-se em Vice Governadora ou, deputada federal, cargo que, por sinal, ela já ocupou.
Ao contrário de “Júnior do Friboi”, que já admitiu a idéia, achando-a simpática, a senadora Lúcia Vânia preferiu não comentar sobre hipóteses. Ela tem dito que, ainda, não teve tempo de pensar nisso, embora as eleições ocorram dentro de sete meses, mais especificamente, no dia três de outubro. A direção do PSDB ainda não comentou, oficialmente, a notícia, mas tem-se como certo que grande parte de seus integrantes gostaria de ver “Júnior do Friboi” compondo a base de Marconi Perillo. Convém salientar que esta é, pelo menos, a terceira vez em que o nome do empresário consta da relação de pretensos e prováveis candidatos a cargo eletivo em Goiás. Nas duas vezes anteriores ele refluiu da idéia. Agora, sua assessoria afirma que Júnior vai consultar o conselho administrativo do grupo empresarial (JBS) que preside, para ver as reais possibilidades de tal candidatura.
Os nomes
Curiosamente, se for efetivada a candidatura de José Batista Sobrinho ao Senado, estreita-se, mais ainda, a relação de Anápolis com aquela casa de leis. A cidade que já teve senadores como José Lourenço Dias, Onofre Quinan e Henrique Santillo, além de suplentes como Max Lânio Gonzaga Jaime e Sandra Melon, poderia contar, em tese, com outro anapolino na disputa: o Presidente do Banco Central, Henrique Meirelles (PMDB), que, também, é nascido no Município. Sem se falar que o ex-senador Irapuan Costa Júnior já foi prefeito nomeado da cidade e a senadora Lúcia Vânia, sua esposa, consequentemente, foi primeira dama de Anápolis, durante a intervenção federal ocorrida em 1973. Existe, ainda, a possibilidade de uma candidatura ao Senado, este ano, do ex-prefeito Adhemar Santillo (PMDB), que já manifestou tal interesse. Outro nome de Anápolis que, teoricamente pode concorrer ao mesmo cargo, é o do deputado federal Rubens Otoni (PT), dentro da composição da chapa a ser apoiada pelo Governo Lula, reunindo PT, PMDB e outros partidos que, igualmente, podem ter nomes para concorrerem ao Senado.
Desta forma, como o senador Demóstenes Xavier (DEM) é candidato declarado à reeleição, e, segundo as pesquisas, com boas chances de ganhar, restaria, apenas, a vaga, justamente de Lúcia Vânia, pois em caso de vitória de Marconi Perillo (PSDB) ao Governo, assume o seu primeiro suplente, Cyro Miranda Gifford Júnior. Se não ganhar, certamente, volta ao seu cargo no Senado. A exemplo dos outros estados, Goiás vai eleger dois senadores em três de outubro. Além dos nomes anunciados, aguarda-se, ainda, a definição de vários outros partidos, principalmente da chamada frente alternativa, comandada pelo Governador Alcides Rodrigues que, também, pode concorrer ao Senado. Tem-se como certo, ainda, que outros partidos, como o PSOL, o PR e o PSTU podem lançar concorrentes ao cargo de senador por Goiás.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Situação fiscal do Estado provoca embate entre Caiado e Marconi

10/01/2019

A situação fiscal de Goiás tem elevado o tom do debate entre o atual Governador, Ronaldo Caiado (DEM) e o ex-Governador Ma...

Presidente da Câmara destaca as suas prioridades e desafios do cargo

10/01/2019

Eleito recentemente para presidir a Câmara Municipal, o Vereador Leandro Ribeiro (PTB), em entrevista exclusiva ao Jornal CO...

Torcida Premiada e Desestatização estão na pauta da sessão

27/12/2018

Nesta sexta-feira, a Câmara Municipal se reúne, em caráter extraordinário, para apreciar e votar quatro projetos enviados...

Caiado garante o pagamento da folha de janeiro dos servidores

27/12/2018

O governador eleito Ronaldo Caiado (DEM) garantiu, durante coletiva de imprensa na quarta-feira, 26, que tomará todas as med...