(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Jovem selecionado por escola nos EUA faz campanha para arrecadar dinheiro

Educação Comentários 23 de maio de 2014

Para realizar o sonho de estudar fora e se tornar jogador de basquete profissional ele precisa juntar R$ 20 mil


O sonho de Vinícius Luz de Oliveira, 18 anos, em se tornar jogador de basquete profissional e cursar uma universidade fora do País, ficou mais perto de se tornar realidade quando ele foi aprovado na seleção da escola de basquete Hamilton Heights Christian Acadamy, nos Estados Unidos. No entanto, para realizá-lo, ele precisa levantar o valor de R$ 20 mil para as despesas durante um ano.
Vinícius soube da seleção por um amigo que estudou na academia Hamilton Height e, depois, foi convidado para jogar em times de basquete norteamericanos. Desde o ano passado o jovem busca formas de conseguir entrar para a escola. Inclusive, chegou a abandonar os estudos, durante um ano, para trabalhar e juntar o dinheiro. Mas, não conseguiu bons empregos, principalmente, pelo fato de haver deixado a escola. Vinícius mora com a mãe, que é servidora pública, e não tem condições de custear os estudos do filho fora do Brasil.
Ele voltou para o Colégio Militar “Gabriel Issa” e foi na escola que encontrou um pouco de apoio. O diretor do colégio, tenente-coronel Elisboa Moreira Belo, se comoveu com a história do aluno e resolveu buscar mais ajuda. Ele conta com o apoio do diretor do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), coronel Sidney Pontes Ribeiro, para levar a história de Vinícius ao conhecimento de empresários e da população com o objetivo de conseguir o dinheiro.
“Essa oportunidade vai mudar minha vida para melhor. Quero entrar em uma faculdade boa, mas, principalmente, me destacar como jogador profissional de basquete. Vejo-me jogando em grandes times. E os Estados Unidos é um dos países mais promissores para atletas, as oportunidades são muito boas”, desabafou Vinícius.
Qualquer quantia é válida para ajudar Vinícius a realizar o seu sonho. No entanto, ele corre contra o tempo, já que o ano letivo nos Estados Unidos começa em Agosto. Para ajudá-lo, os interessados podem entrar em contato nos telefones 62- 9335 8552 ou 62- 9457 7427. Ele, também, pode ser encontrado no Colégio Militar “Gabriel Issa”, que fica na Rua Engenheiro Portella, na Vila Góis.

Autor(a): Wanessa Mereb

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Educação

Acadêmicos da UniEVANGÉLICA fazem ato alertando sobre a questão do suicídio

25/04/2019

Foi apenas um abraço simbólico, mas por trás de todas aquelas mãos dadas, estava uma comunidade inteira pedindo ajuda. A ...

Controladoria divulga inspeção sobre o Pronatec/Universidade Estadual de Goiás

25/04/2019

A Controladoria Geral do Estado de Goiás tornou público o Boletim de Inspeção que trata de possíveis irregularidades na ...

Associação Educativa Evangélica celebra 58 anos do Instituto Superior de Educação

17/04/2019

Uma instituição que contribui para o ensino da Pedagogia com excelência. Assim pode ser definido o Instituto Superior de E...

Alunos promovem paralisação na UEG

13/04/2019

Os alunos da Universidade Estadual de Goiás – Campus Anápolis de Ciências Exatas e Tecnológicas – “Henrique Santill...