(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Jornal é matéria prima para arte

Geral Comentários 23 de agosto de 2018

Anapolino desenvolve esculturas com papel jornal


Desde a infância, Júlio Gomes descobriu que tinha aptidão para a arte. Um dia, na escola, foi desafiado por uma professora a fazer um trabalho com jornal e outros poucos recursos. E, fez! Deu à sua desafiadora uma bela caixa e ganhou, em troca, um elogio pela peça trabalhada.
Os anos se passaram e aquele talento revelado na atividade da escola ficou meio que de lado. Quase relegado ao esquecimento. De uns dois anos para cá, Júlio Gomes decidiu se entregar à arte e começou a trabalhar como artesão. Atualmente, ele produz esculturas e a matéria-prima principal é o jornal. Segundo Júlio, é uma arte que está sintonizada com a questão ambiental, justamente, pela utilização do material reciclável.
Agora que está novamente empenhado em dar vazão à atividade artística, ele quer que o seu trabalho seja conhecido em Anápolis, em Goiás, em outros estados e, até, diz, em outros países. Ainda este ano, Júlio Gomes espera colocar no ar uma plataforma de divulgação do seu trabalho na internet. Além disso, seu objetivo é montar uma exposição, para que o público tenha um contato mais direto com a sua arte.
Recentemente, o artista plástico esteve na cidade de Terezópolis e, lá, uma conhecida pediu-lhe que desenvolvesse uma peça que retratasse a festa Terêoxente, que é uma homenagem à colônia nordestina. Júlio fez uma peça com os personagens de Lampião e Maria Bonita. Agradou tanto que o prefeito da Cidade ficou com o trabalho. Ele relata, ainda, que uma de suas peças foi dada como presente ao ex-governador Marconi Perillo.
“No meu trabalho, busco valorizar a questão da sustentabilidade e da cultura regional”, explica Júlio Gomes, acrescentando que a caminhada não é fácil, mas que vem trabalhando muito para que este trabalho possa ser conhecido e reconhecido.
A exposição ainda não está com data marcada, mas ele espera que aconteça ainda este ano, com a apresentação de diversas peças. O artista aproveita para deixar os contatos, caso queiram conhecer mais de perto a sua produção. O contato pode ser por telefone, pelo número: (62) 98552-7233.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Secretaria de Cultura tem inscrição para ciclo de oficinas

10/01/2019

O aperfeiçoamento técnico e artístico na sétima arte é um dos focos do Anápolis Festival de Cinema (AFC). As inscriçõ...

Havan registra R$ 7 bilhões de faturamento em 2018

10/01/2019

O grupo Havan comemora os excelentes resultados obtidos em 2018. As 120 lojas (uma delas em Anápolis), juntas, somaram um fa...

Especialista dá dicas para comprar bem e economizar

10/01/2019

Para quem tem filhos, um dos maiores gastos do início do ano, sem dúvida, é o material escolar. A situação pode ficar ai...

Aprovada lei que exige identificação biométrica nos estádios em Goiás

10/01/2019

O Governador Ronaldo Caiado (DEM) sancionou sua primeira lei e a primeira do ano de 2019, no último dia 03, quinta-feira. Ap...