(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Iris prega valorização do Poder Judiciário

Política Comentários 18 de setembro de 2014

Em visita à Associação dos Magistrados de Goiás, candidato do PMDB expõe propostas


Para manter e elevar os padrões de eficiência da prestação dos serviços judiciais, o candidato da Coligação Amor por Goiás, Iris Rezende (PMDB), garantiu que vai proteger e valorizar o Fundo de Reaparelhamento e Modernização do Poder Judiciário (Fundesp).

“Eleito governador, vou defender esta conquista, que resguarda o desempenho deste Poder tão digno e responsável. Nunca admiti que o Judiciário passasse pela necessidade de buscar recursos do Executivo com o pires nas mãos”, declarou, durante visita à Associação dos Magistrados do Estado de Goiás (Asmego), na manhã desta quarta-feira, 17.
Presidente da entidade, o juiz Gilmar Luiz Coelho relatou as tentativas do Executivo goiano de se apropriar do recurso. “Hoje, precisamos desta verba para mantermos independência na realização dos nossos trabalhos. Se o governo do Estado abocanhar o Fundesp, o Judiciário ficará praticamente paralisado”, explicou.
A discussão sobre o Fundesp envolveu uma polêmica recente, entre a categoria e a gestão estadual, quando o governador Marconi Perillo (PSDB) solicitou um empréstimo de R$ 80 milhões ao Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ/GO), para o pagamento da folha de servidores. A Asmego se manifestou contra a autorização e o tucano recuou antes mesmo da apreciação do empréstimo pelo colegiado.
Durante a visita, o governadoriável destacou seu histórico de apoio aos magistrados e acrescentou que pretende acentuar esta proximidade. “Em minha gestão, os poderes Executivo e Judiciários terão bem mais que harmonia, terão parceria, respeito e, até mesmo, o afeto que sempre nutri por este segmento”, ressaltou.
O juiz Gilmar Luiz Coelho agradeceu a disposição do candidato e relatou as demandas que a entidade espera serem resolvidas pelo próximo governador. “Hoje, a falta de estrutura física e humana acaba se tornando um empecilho ao cumprimento do nosso dever. Queremos que você, Iris, sendo eleito governador, invista nesta estruturação”, pediu. O peemedebista afirmou que, em sua administração, vai investir na área, com foco na contratação de novos profissionais.
O encontro teve a participação do vice-presidente da Asmego, desembargador Homero Sabino, dos diretores da entidade Levine Artiaga, Murilo Vieira, Aline Tomás e Stefane Fiúza, do presidente do Fórum Permanente de Democratização do Poder Judiciário, juiz Jeronymo Pedro Villas Boas, e outros magistrados da ativa e aposentados. (Com informações da assessoria do candidato)

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Política

Ronaldo Caiado acusa Governo de usar dados para mascarar crise do Estado

08/11/2018

O governador eleito Ronaldo Caiado (Democratas) cobrou maior transparência nos dados repassados à equipe de transição pel...

Partido realiza ação social em prol da Casa Joana

08/11/2018

O Democratas Mulher Anápolis irá realizar nesta sexta-feira, 09, a partir das 09 horas, em Anápolis, uma manhã odontológ...

Vereador exige explicações para aumento da energia elétrica em Goiás

08/11/2018

O vereador João da Luz (PHS) informou na tribuna, durante a sessão ordinária da última quarta-feira,07, que esteve em Bra...

Ronaldo Caiado terá muitos desafios para enfrentar em sua terra natal

02/11/2018

Não dá para falar que se trata de uma “herança maldita”. Mas, dá para dizer que os “gargalos” de Anápolis vão o...