(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

IPTU: Contribuintes recebem carnês e pagamento começa dia 12

Cidade Comentários 06 de abril de 2013

Caso a opção seja pelo pagamento em cota única, haverá um desconto de 10%. O parcelamento pode ser em até oito vezes, dependendo do valor do tributo


A Secretaria Municipal da Fazenda, informa que a entrega dos carnês para o pagamento do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) está sendo realizada a todo vapor pelos Correios. O tributo, e também o ITU (Imposto Territorial Urbano), tem como prazo de vencimento da parcela única e da primeira parcela o próximo dia 12 de abril.
Para aqueles que optarem pela parcela única, será oferecido um desconto de 10%. Os atendimentos são feitos nas unidades do Rápido, localizadas na Vila Jaiara, no Bairro Jundiaí e no Anashopping, e na Secretaria Municipal da Fazenda, situada no Centro Administrativo. No caso do ITU, o cidadão tem que procurar os Rápidos ou retirar no site www.anapolis.go.gov.br. O critério para a pessoa aderir ao parcelamento é que o valor mínimo seja de R$ 40,00. O tributo pode ser parcelado em até oito vezes.
O secretário da Fazenda, José Roberto Mazon, destaca que o tributo tem grande importância no município, por se reverter em investimentos e benefícios para toda comunidade. “É a forma mais clara do cidadão participar da construção de uma cidade melhor”, comenta.
José Mazon lembra ainda que os valores definidos para o tributo correspondem ao valor do imóvel. “O aumento deste ano é de apenas 5,77% que é a inflação”. O reajuste é medido pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo Especial (IPCA-E), indexador que a Prefeitura utiliza, de acordo com a Lei nº 136 de 2006.

Inclusão
Em duas situações, os contribuintes podem requerer a isenção do IPTU. É o caso das pessoas idosas e portadoras de doenças graves, estas foram beneficiadas por legislação municipal que garante a isenção do imposto, observando alguns requisitos. No caso de pessoas idosas, tem que ser comprovada a idade mínima de 65 anos de idade completos, a titularidade de um único imóvel, o qual lhe sirva de moradia, com valor venal não superior a 80 mil reais e que tenha renda mensal de até um salário mínimo vigente. Para os portadores de doenças graves, é necessário provar, por meio de documentos, a existência da doença e a titularidade um único imóvel, o qual lhe sirva de moradia, com valor venal não superior a 80 mil reais. Em ambos os casos, a isenção deverá ser requerida por meio de processo administrativo a ser protocolizado nas unidades do Rápido. Vale lembrar que há a isenção automática de IPTU para os contribuintes que têm imposto com valor igual ou inferior a R$ 30.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Câmara Municipal de Anápolis vai ter seu hino oficial em breve

15/06/2017

O vereador Teles Júnior (PMN) informou, durante o uso da tribuna, na sessão ordinária da última segunda-feira,12, que pro...

Presidente da UVG defende 13º e férias para os vereadores

09/06/2017

Em visita à Câmara Municipal de Anápolis, na manhã da última quarta-feira,07, o Presidente da União dos Vereadores de G...

Anápolis ainda tem muito caminho para melhorar em informação

02/06/2017

Criada em 2011, a Lei de Acesso à Informação ainda não é aplicável de forma plena por boa parte dos municípios brasile...

MP pode aliviar dívida municipal com o INSS

18/05/2017

Durante a marcha dos prefeitos à Brasília, na terça-feira,16, o Presidente Michel Temer assinou uma Medida Provisória amp...