(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

IPTU chega para mais de 180 mil contribuintes

Cidade Comentários 27 de maro de 2011

Cerca de 180 mil contribuintes anapolinos deverão pagar o imposto, cujo vencimento começa a partir do dia 11 e não haverá prorrogação de data. O não pagamento acarretará juros e multa


Os carnês do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) de 2011 começam a ser distribuídos aos contribuintes anapolinos. Segundo informou a Secretaria Municipal da Fazenda, estarão recebendo em casa os talões de pagamento do tributo, os contribuintes que têm imóveis edificados. Já os proprietários de lotes, deverão procurar a guia de recolhimento do Imposto Territorial Urbano (ITU) para pagamento na Secretaria Municipal da Fazenda, no Centro Administrativo, ou em uma das unidades do Rápido. É recomendado que se leve um talão do exercício anterior ou o número da matrícula do imóvel, para facilitar a localização.
A previsão é de que a distribuição aconteça até 04 de abril. Caso o contribuinte não receba o carnê até esta data, deverá procurar a Secretaria Municipal da Fazenda, que fica no Centro Administrativo, ou uma das unidades do Rápido para retirar o talão. O pagamento da primeira parcela do IPTU terá vencimento em 11 de abril.
Conforme os dados da Secretaria Municipal da Fazenda serão distribuídos 122 mil carnês de IPTU e disponibilizados 60 mil para a área urbana da cidade, referente ao ITU. O contribuinte pode pagar os impostos em até oito vezes, com parcela mínima de R$ 30, ou garantir um desconto de 10% no valor à vista.
O secretário municipal da Fazenda, José Roberto Mazon, garante que os contribuintes que receberem o carnê com o valor de até R$ 30 e que possuem apenas um imóvel em seu nome tem a isenção do tributo. Ele adianta que o pagamento após o vencimento irá gerar multas ao contribuinte. “Não iremos prorrogar a data de vencimento”, pontua.

Reajuste
José Roberto Mazon também explica que houve um reajuste em 5,79% no valor dos impostos, referente ao Índice de Preços do Consumidor Amplo (IPCA) acumulado em 2010. Ele explica que a alíquota acompanha a inflação do ano anterior e é estipulada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), e não é de responsabilidade da administração municipal.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Anápolis gerou 139 novos empregos formais em julho

18/08/2017

Pelo sétimo mês consecutivo, Anápolis manteve em julho um saldo positivo na geração de empregos com carteira assinada, a...

Anápolis mantém redução alta em casos de dengue

18/08/2017

A dengue tem dado uma trégua em Anápolis, desde o começo do ano. No último boletim epidemiológico divulgado pela Secreta...

Desvio de rede de esgoto interdita trecho da Avenida Brasil

18/08/2017

O diretor geral da Companhia Municipal de Trânsito e Transporte, Carlos Cezar Toledo, comentou, em sua rede social, sobre as...

Gerados 139 novos empregos em julho

18/08/2017

Pelo sétimo mês consecutivo Anápolis manteve em julho um saldo positivo na geração de empregos com carteira assinada, al...