(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Invasões de áreas públicas na mira do Governo Municipal

Geral Comentários 06 de novembro de 2011

Prefeito Antônio Gomide anunciou novos projetos na região do Setor Industrial Munir Calixto e mandou recados aos adversários políticos


Na última quinta-feira, 03, a Procuradoria Geral do Município fez a entrega de 50 escrituras para moradores do Setor Industrial Munir Calixto. O evento, realizado nas dependências da Escola Municipal “Professora Josephina Simões”, contou com a presença do Prefeito Antônio Gomide e da Procuradora Geral do Município, secretários municipais, vereadores e outras lideranças comunitárias.
Gomide, aproveitando o contato com os moradores da região, aproveitou para anunciar obras e, até, provocar os adversários políticos. “Aqui era um lugar em que vinham pedir votos, depois, desapareciam e, só voltavam na outra eleição”, alfinetou, lembrando que logo no início do Governo, o local escolhido para iniciar o programa de asfalto foi o Jardim Esperança. “Era um local onde as pessoas estavam abandonadas, por que diziam que era do Município de Gameleira, mas aquelas pessoas estavam trabalhando aqui nas empresas do DAIA e dando a sua contribuição para a Cidade”, destacou, dizendo que no Residencial Munir Calixto a desculpa era de que o bairro ficava muito distante. “Nós fizemos questão de vir para cá e trabalhar. Inclusive, no ano que vem, vamos construir um centro de formação profissional para qualificar jovens e adultos aqui da região e estaremos, também, entregando um conjunto habitacional com mais de 200 moradias do Programa ‘Minha Casa, Minha Vida’, no setor próximo à fábrica da Hyundai”, informou o chefe do Executivo.
Sobre a regularização das escrituras, Antônio Gomide destacou que este ano a meta é chegar a 500, o que, segundo ele, já seria um recorde. “Nós queremos até o final de 2012 chegar a 1000 regularizações de imóveis, para que as pessoas possam ter a posse definitiva de suas casas e, se quiserem, contrair um empréstimo para fazerem uma reforma, um puxadinho ou, quem sabe, vender em caso de necessidade. Antes, essas famílias tinham as casas, mas não podiam fazer nada, por que não eram legalmente donas. Portanto, essa é uma ação social muito importante, desenvolvida através da Procuradoria, que faz todo o trabalho necessário para regularizar os imóveis.
A Procuradora Andreia Araújo observou que os beneficiários terão que fazer a última etapa, que é o registro em cartório. As demais etapas foram feitas com custo zero para as famílias, pela Prefeitura. “A partir do momento em que as pessoas conseguem a sua moradia, elas têm condição de almejar e buscar novas conquistas pessoais e profissionais”, observou, acrescentando que o trabalho realizado pela equipe para que essas regularizações ocorram é bastante criterioso.
A moradora Tereza Alves de Souza, uma das contempladas com a escritura, enfatizou que muitas famílias que hoje habitam o Setor Industrial Munir Calixto, moravam sob tetos de lona. “Hoje nós temos o nosso bairro com asfalto, com escola e estamos muito felizes com as nossas casas. Foi uma bênção”, disse.
A Procuradoria Geral do Município iniciou o trabalho de regularização e entrega de escrituras em dezembro de 2010. De lá para cá, já foram contemplados: 57 moradores no Conjunto Filostro Machado; 34 no Bairro Polocentro; 42 na Vila Esperança; 31 no Adriana Parque; 35 no Setor Jamil Miguel; 37 no Morada Nova e 240 na Vila Feliz. Um total de 476 escrituras. Segundo estimativas da Prefeitura, em Anápolis devem existir em torno de três mil imóveis para serem regularizados.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Programa ID Jovem completa primeiro ano de vigência

08/12/2017

A Secretaria Nacional de Juventude comemora os bons resultados do Programa Identidade Jovem. Em 1 ano de vigência da iniciat...

Aumenta para oito anos prisão de bêbado que dirige e mata

08/12/2017

Após cinco anos de espera, o projeto 5568/2013 foi aprovado pela Câmara dos Deputados. A análise ocorreu na sessão desta ...

Pesquisa aponta intenção de compras dos anapolinos

08/12/2017

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Anápolis acaba de divulgar a pesquisa de intenções de compras do consumidor anap...

Residencial Copacabana recebe plantio de mudas de árvores

08/12/2017

Preservar o meio ambiente e cuidar do planeta. Foi com esta disposição que estudantes do 1º e 2º ano do Ensino Médio do ...