(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Interior fora da final do Goianão 2011

Esportes Comentários 06 de maio de 2011

Campeonato será decidido entre dois times da Capital. A Anapolina, que sonhava com o título, tem de se contentar em ser o quarto melhor time da temporada e mirar na Série D do “Brasileirão”


Dois times da capital - Goiás Esporte Clube e Atlético clube Goianiense - fazem a final da temporada de 2011 do Campeonato Goiano. O primeiro jogo da decisão será no domingo, 08, às 16 horas, no Estádio Serra Dourada. As duas equipes tiveram uma campanha equilibrada ao longo do certame e a promessa é de um bom jogo. A segurança será reforçada, para se evitarem novos episódios de violência, que mancharam o Campeonato na no último jogo da semifinal, no clássico entre Goiás e Vila Nova.
No primeiro turno, o Atlético fez uma melhor campanha. O Dragão conseguiu, em nove jogos disputados, vencer sete partidas e perder duas. Já o Goiás conseguiu cinco vitórias, dois empates e duas derrotas. No segundo turno, a vantagem em número de vitórias passou a ser do Goiás: seis, contra cinco do Atlético. O alviverde empatou uma e perdeu duas partidas e o Atlético colecionou, nesta fase, quatro derrotas. Na semifinal, o Atlético venceu as duas partidas que jogou contra a Anapolina (1X0 e 4X2). O Goiás, que teve o Vila Nova como adversário, venceu o primeiro jogo e, no segundo, foi beneficiado com o empate (2X2) para carimbar o seu passaporte à final.

Rubra
A Anapolina ficou no caminho do tão sonhado título e, agora, volta as suas atenções para a Série D do Campeonato Brasileiro. A diretoria deve se desfazer de alguns jogadores e contratar outros. Uma baixa já confirmada pelo presidente do clube, Leandro Ribeiro, foi a do craque Felipe Brizola. O valor pago para a liberação do jogador não foi revelado pela diretoria da Anapolina, mas comenta-se algo em torno de R$ 500 mil. Brizola está livre para que possa buscar outros clubes.


Os números do campeonato
Após o encerramento da semifinal, a Federação Goiana de Futebol divulgou um balanço do que foi a temporada até agora, faltando os dois jogos da final para o seu encerramento.
Foram realizados 94 jogos, com um total de 306 gols marcados, com média de 3,25 gols por partida. Marcão, do Atlético, e Rôni, do Vila Nova, são os principais artilheiros com 12 gols marcados cada um. O atacante atleticano pode assumir a ponta, porque ainda tem mais dois jogos para disputar. O vilanovense foi o jogador que mais tempo permaneceu na artilharia: 12 jogos.
Mas não foi só a quantidade de gols que marcou o regional. As equipes que mais tiveram jogadores expulsos foram: Crac 8; Santa Helena 7; Atlético 6. Já os times que menos tiveram expulsão, foram: Trindade e Vila Nova 3; Anapolina, Goiás, Goianésia e Morrinhos 4. A arbitragem aplicou 542 advertências com cartões amarelos, sendo que os times com maior número de cartões foram: Vila Nova, 66; Anapolina, 64 e Aparecidense, 62. Os jogadores mais advertidos com cartão amarelo foram Fabiano Silva (Anapolina) e Rôni (Vila Nova), com 7 cartões. O total de expulsões chegou a 48, O Crac de Catalão foi o time que teve maior número de expulsos: 8. Mas foi Pituca, do Atlético, o jogador que mais levou cartões vermelhos: 3.


Siga outros números do Goianão
- Times que mais venceram: Atlético 14; Goiás 12; Vila Nova 11.
- Equipes que menos venceram: Trindade 3; Santa Helena, Morrinhos e Goianésia 5.
- Times que menos perderam: Goiás 4; Vila Nova 5; Anapolina e Atlético 6.
- Equipes que mais perderam: Trindade 13; Morrinhos e Santa Helena 11.
- Time que ainda não empatou: Atlético.
- Equipes que mais empataram: Anapolina 5; Aparecidense, Goianésia, Vila Nova e Goiás 4.
- Times que mais marcaram gols: Atlético 42; Vila Nova 39; Crac e Goiás 37.
- Equipes que menos marcaram gols: Trindade 18; Santa Helena e Goianésia 23.
- Times que menos sofreram gols: Goiás 22; Atlético 23; Vila Nova 24.
- Equipes que mais sofreram gols: Morrinhos 39; Santa Helena 38; Crac 37.
- Times que mais venceram fora de casa: Atlético 6 vezes; Vila Nova 5 vezes; Anapolina 4 vezes.
- Equipes que menos venceram fora de casa: Goianésia e Morrinhos 1 vez; Aparecidense, Trindade e Santa Helena 2 vezes.
- Times que menos perderam em casa: Vila Nova e Goiás 1 vez; Anapolina, Atlético, Crac e Goianésia 2 vezes.
- Equipes que mais perderam em casa: Santa Helena e Trindade 6 vezes; Morrinhos 4 vezes.
- Pênaltis assinalados: 29 (25 convertidos e 4 desperdiçados).
- Goleiro menos vazado: Márcio (Atlético) - média de 1,00 por partida, 16 gols sofridos em 16 jogos realizados.
- Goleiro mais vazado: Reinaldo (Santa Helena) - média de 2,11 por partida, 38 gols sofridos em 18 jogos realizados.
- Times que mais trocou de técnico: Santa Helena - 8-
Equipes que não trocaram de técnico: 2 = Crac (Wanderlei Paiva, 18 jogos, aproveitamento de 50,00%) e Goiás (Artur Neto).
- Total de jogadores que participaram do Campeonato: 305.
- Total de público pagante do Campeonato: 287.720.
- Média de público pagante do Campeonato: 3.060 (-46,81% em relação a 2010).
- Total de renda bruta do Campeonato: R$ 4.089.499,00.
- Média de renda do Campeonato: R$ 43.505,30 (-34,12% em relação a 2010).
- Maior público pagante: 14.062 no jogo Vila Nova 2x2 Goiás, no domingo, dia 1º de maio (jogo de volta da Fase Semifinal) no Estádio Serra Dourada em Goiânia.
- Menor público pagante: 93 no jogo Aparecidense 2x2 Crac, no domingo, dia 27 de fevereiro (1ª Rodada do 2º Turno) no Estádio Aníbal Batista de Toledo em Aparecida de Goiânia.
- Maior renda: R$ 219.360,00 no jogo Goiás 1x0 Vila Nova, no domingo, dia 24 de abril (jogo de ida da Fase Semifinal) no Estádio Serra Dourada em Goiânia.
- Menor renda: R$ 1.030,00 no jogo Aparecidense 2x2 Crac, no domingo, dia 27 de fevereiro (1ª Rodada do 2º Turno) no Estádio Aníbal Batista de Toledo em Aparecida de Goiânia.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Esportes

Diretoria procura um camisa 10

27/04/2017

O meia Elias, de 33 anos, está muito próximo de acertar com a Anapolina para a disputa do Campeonato Goiano da Divisão de ...

Elenco se apresenta cheio de novidades

27/04/2017

O Centro de Treinamentos do Clube Renascer já está pronto para receber o elenco do Grêmio Anápolis, nesta segunda-feira, ...

Galo completa 71 anos com vários eventos

27/04/2017

Primeiro de Maio é sempre uma data especial, pois é comemorado o aniversario do Anápolis Futebol Clube e este ano com vari...

Incentivos terão regras baseadas no Marco Regulatório

19/04/2017

Atendendo às disposições da Lei Federal que estabeleceu o novo Marco Regulatório, a Prefeitura de Anápolis suspendeu os ...