(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Instituto garante certificado sobre repasse de verbas

Geral Comentários 01 de fevereiro de 2018

O CRP tem validade de seis meses e permite receber repasses federais e verbas de emendas parlamentares


O Instituto de Seguridade Social de Anápolis (Issa), recebeu o novo Certificado de Regularidade Previdenciária (CRP), com validade de seis meses, ou seja, o documento é válido durante o primeiro semestre de 2018. O CRP é fornecido pela Secretaria de Políticas de Previdência Social - SPS, aos órgãos ou entidades da Administração Pública direta e indireta da União. Isso é o que diz o Decreto nº 3.788, de 11 de abril de 2001.
Quando se fala em previdência no Brasil, todos ficam preocupados. Ex-servidores do município que contribuíram com a seguridade social, têm o direito de aposentadoria e é isso que a gestão atual do Issa tem feito: trabalhado para reverter a situação real da previdência. “Manter o CRP é uma vitória muito grande. Temos uma realidade triste, poucos municípios goianos têm o CRP e o Issa em Anápolis conseguiu pela terceira vez consecutiva esse certificado”, pontuou Rodolfo Valentini, presidente do Issa.
Segundo ele, o documento é uma conquista da equipe de servidores e, com isso, o Instituto e o município não ficam desamparados. “Sem a CRP, nenhuma Prefeitura consegue receber repasses federais, convênios e verbas oriundas de emenda parlamentar, por exemplo. É um sistema de garantia de segurança que a Previdência criou para ter a certeza que a verba irá ser bem aplicada”, disse Valentini.
O CRP permite que o Issa receba o Comprev, que é sistema de Compensação Previdenciária entre o Regime Geral de Previdência Social (RGPS) e os Regimes Próprios de Previdência Social (RPPS) dos Servidores Públicos da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios. Isso significa que o Comprev é a maior receita que o Instituto tem fora as contribuições. “No ano passado, o Issa conseguiu buscar uma receita de R$ 13 mi junto ao Governo Federal, ou seja, isso dá uma média de R$ 1,1 mi ao mês. Por isso, precisamos manter o CRP em dia”, frisou o presidente. Além disso, é bom lembrar que o Instituto conquistou uma verba muito maior do que a da capital do Estado. “É um destaque da quantidade de Comprev que recebemos. Goiânia, por exemplo, tem cinco vezes mais servidores que aqui e recebe em torno de R$ 800 mil/mês. Isso prova que a atual gestão tem compromisso de realizar um trabalho com transparência e dedicação”, finalizou Valentini.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Bolsa Cultura abre vagas para diversas especialidades

12/07/2018

Estão abertas, até o dia 27 deste mês, inscrições para o programa Bolsa Cultura para vagas no Corpo de Baile do Teatro M...

Bolsa Cultura abre vagas para diversas especialidades

12/07/2018

Estão abertas, até o dia 27 deste mês, inscrições para o programa Bolsa Cultura para vagas no Corpo de Baile do Teatro M...

Detentos de Goiás vão ter salas de aulas à disposição

12/07/2018

A coordenadoria do Centro de Apoio Operacional da Educação promoveu reunião com o Programa de Fortalecimento do Ensino Not...

Detentos de Goiás vão ter salas de aulas à disposição

12/07/2018

A coordenadoria do Centro de Apoio Operacional da Educação promoveu reunião com o Programa de Fortalecimento do Ensino Not...