(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Instituto de Pesquisa entrega relatório sobre dívidas

Política Comentários 08 de janeiro de 2010


Foi entregue na última quinta-feira,7, à Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga a situação financeira da Celg, o relatório da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas da Universidade de São Paulo, sobre o endividamento da Companhia Energética de Goiás . Segundo a Fipe, não se pode, portanto, indicar um evento isolado como sendo o responsável único pelo estado atual da Celg. Imprimir
O relatório é taxativo ao apontar a venda de Cachoeira Dourada como o elemento central nesse processo de endividamento. A Fipe, por sinal, chama a atenção para um importante impacto que a venda teve sobre a Celg. Segundo ela, o Governo do Estado não vendeu apenas Cachoeira Dourada. Vendeu junto um contrato de compra de energia gerada em Cachoeira Dourada por um preço bem acima do praticado pelo mercado.
Essa "engenharia financeira" teve como consequência imediata a elevação do preço de Cachoeira Dourada no leilão de privatização, mas o valor alavancado não retornou para a Celg. A ela coube apenas o ônus de comprar energia mais cara.
A Fipe conclui que o endividamento de hoje da Celg começou com a perda de investimentos no Estado do Tocantins, aumenta com a assunção de tarifas subsidiadas na década de 90 (para a mineradora Codemin, instalada em Niquelândia) e dá um salto com a venda de Cachoeira Dourada. A falta de solução para esses problemas levou à atual situação da companhia.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Deputado Coronel Adailton preside CPI das Universidades

26/04/2019

O deputado estadual Coronel Adailton (PP), foi eleito presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI), da Assembleia ...

Projeto prevê estender mandato de prefeitos e vereadores

25/04/2019

O Prefeito Roberto Naves e os 23 vereadores de Anápolis podem ganhar mais dois anos de mandato, assim como os demais prefeit...

Prazo para a regularização de imóveis será ampliado até o final de dezembro

25/04/2019

A Câmara Municipal aprovou, em dois turno de votações, em sessões ordinárias ocorridas na última quarta-feira, 24/04, o...

Projeto prevê proteção dos direitos da pessoa com autismo

17/04/2019

O Deputado Estadual Amilton Filho (SD) apresentou, na Assembleia Legislativa, Projeto de Lei que institui em Goiás a Políti...