(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Influenciadores digitais impactam os jovens

Cultura Comentários 20 de setembro de 2018

Mercado aposta neste nicho de profissionais para impulsionar vendas


Os influenciadores estão em segundo lugar no poder de tomada de decisão na compra de um produto, perdendo apenas para amigos e parentes, que alcançaram 57%. Os dados da pesquisa são do Instituto QualiBest e mostram como os influenciadores podem ser importantes para potencializar ações de marketing e vendas, por exemplo. Para os especialistas da Setters, ferramenta de mapeamento de influenciadores, esse diagnóstico mostra o potencial que as mídias sociais têm nos dias atuais.
Pequenas e médias empresas geralmente ficam à margem desse ambiente por não conseguirem arcar com os custos de influencers com grandes números de seguidores e que estão consolidados no mercado. De acordo com a pesquisa da Nielsen “Global Trust in Advertising” feita em 2015, 83% dos consumidores confiam em recomendações feitas por pessoas que conhecem, acima de qualquer outra propaganda.
Segundo Carolina Zaine, especialista em inteligência digital e co-fundadora da Vert Inteligência Digital, de uns quatro a cinco anos para cá as empresas começaram a perceber que o influenciador digital pode ajudar as marcas no seu processo de divulgação e contextualização de mensagens. “Este começo, ainda é uma realidade distante para grande parte do mercado, já que na maioria das vezes apenas as marcas com grande relevância conseguem utilizar-se deste tipo de estratégia em suas ações”, afirma.
É importante ressaltar que os microinfluenciadores são mais nichados e podem estar mais próximos do público que se quer alcançar. Trabalhar com influenciadores é uma das maneiras mais assertivas de atingir o público. Os dados do Instituto QualiBest ainda mostra que as redes sociais preferidas são: Facebook com 92%, Youtube, 90%, Instagram 73% e Twitter com 31%.
As marcas precisam levar em conta esse movimento, principalmente as micro e pequenas empresas. “Os microinfluenciadores podem ser de grande valia quando o assunto é campanha para pequenas e médias empresas, não só porque o preço será mais acessível, mas também é possível contratar vários influencers para a mesma campanha e ter um público ainda mais variado para o produto”, enfatiza Carolina Zaine.


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Cultura

Inscrições para o Salão Anapolino de Artes abrem-se em 11 de fevereiro

08/02/2019

Um dos cinco eventos do gênero mais concorridos do país e, também, o que há mais tempo é realizado na Região Centro-Oes...

Orquestra de Violeiros de Anápolis será atração em Goiânia

08/02/2019

Repertório essencialmente da cultura no Cerrado e danças típicas do folclore local são os ingredientes para uma noite esp...

Divulgada a lista dos filmes que vão concorrer no 8º Festival de Cinema

20/12/2018

Com o número recorde de 249 inscrições, a 8ª edição do Anápolis Festival de Cinema (AFC) já tem os 24 filmes selecion...

Peça enfoca obsessão por atuar e dramas existenciais

13/12/2018

Um ator obcecado pela atuação em uma peça entra em confronto com os dramas de sua existência. Esse é o ponto de partida ...