(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Índice de homicídios cai em sete das dez maiores cidades goianas

Violência Comentários 24 de julho de 2015

Desta vez, Anápolis não figurou entre os municípios que conseguiram reduzir este tipo de crime


Com a confirmação de queda no número absoluto de homicídios em sete dos dez municípios mais populosos, Goiás fechou o primeiro semestre com recuo de 2% nos casos registrados em relação ao mesmo período do ano passado. Tiveram decréscimo no indicador Goiânia, Aparecida de Goiânia, Luziânia, Novo Gama, Valparaíso de Goiás, Rio Verde e Trindade.


Em relação à taxa por 100 mil habitantes, metodologia utilizada internacionalmente para aferição de indicadores de Segurança Pública, houve diminuição em oito dos dez maiores municípios – os sete já citados e Águas Lindas de Goiás.


Segundo o Observatório da Segurança da Secretaria da Segurança Pública e Administração Penitenciária, ocorreram 1.284 homicídios dolosos – com intenção de matar – nos seis primeiros meses de 2.015. No mesmo período de 2.014, foram 1.310 ocorrências. Em relação à taxa por 100 mil habitantes, a queda em Goiás foi de 4,3%.


O município com maior recuo proporcional em números absolutos de homicídios dolosos foi Trindade, com menos 33,3% de casos. Em seguida, surge Novo Gama (menos 26%) e Rio Verde (menos 18,4%). Goiânia também teve recuo expressivo, com 12,78% menos ocorrências de homicídios dolosos do que no mesmo período do ano passado.


Além da diminuição na capital e em Aparecida de Goiânia, toda a Região Metropolitana de Goiânia teve diminuição nos dados referentes ao primeiro semestre. Nos 20 municípios que compõem a região, a queda acumulada foi de 9% – 574 casos em 2014, 522 em 2015.


Os dados do Observatório da Segurança também demonstram que os homicídios registrados até agora ocorreram em 145 municípios, o que representa 59% do total do Estado. Outros 101 municípios, ou 41% do total, não tiveram nenhum caso nos seis primeiros meses do ano. Por fim, o relatório aponta que os municípios com mais de 100 mil habitantes agrupam 60% dos homicídios dolosos no território goiano.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Violência

Anápolis aparece em relação das cidades mais violentas do Brasil

09/06/2017

Em 2015, a taxa de homicídios por 100 mil habitantes de Anápolis, ficou em 40,9. Somada às Mortes Violentas com Causa Inde...

Governo diz que Goiás é um dos estados com menor índice criminal

09/06/2017

Os índices de criminalidade em Goiás apresentam queda sequenciada a partir de 2016. Na comparação entre janeiro e maio de...

Judiciário quer ações práticas para reduzir criminalidade em Anápolis

02/06/2017

A busca de soluções para o crescente aumento do índice de criminalidade em Anápolis foi debatida no final da tarde da úl...

Emanuelle Muniz e Emanuelle Ferreira: passageiras da agonia

04/05/2017

Emanuelle Muniz Gomes tinha 21 anos. Era transexual. Bela; extrovertida; meiga, alegre e filha carinhosa. Apesar da pouca ida...