(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Indicadores criminais monitorados apontam queda nos registros

Geral Comentários 19 de janeiro de 2018

Maior incidência foi do indicador de latrocínios, que registrou redução superior a 37% . Polícia Civil diz que vai melhorar


Goiás registra queda nos 12 indicadores criminais monitorados em 2017. O anúncio foi feito na quarta-feira, 17, pelo secretário de Segurança Pública, Ricardo Balestreri. “A redução da criminalidade comprova que nossas ações estão, de fato, desarticulando o crime organizado”, afirmou. Segundo ele, os resultados são bastante expressivos. “Goiás é um paradigma nacional no que se refere ao enfrentamento com a violência”, declarou.
O comparativo é de janeiro a dezembro de 2017 com igual período de 2016. Homicídios recuaram 12,53%. Estupros apresentaram queda de 10,28%. Latrocínios baixaram 37,72%, enquanto as tentativas de homicídio caíram 20,46%.
“As forças policiais goianas são fortes e atuantes. Saem às ruas para servir a sociedade e o resultado são as quedas constantes na criminalidade”, ressaltou Ricardo Balestreri. Ele destacou os investimentos realizados pelo governador Marconi Perillo desde aquisição de viaturas, equipamentos, fortalecimento dos serviços de inteligência e novos concursos para
Roubos a transeuntes despencaram 26,37%, ao passo que roubos de veículos cederam 25,92%. Casos de roubos em comércios recuaram 33,64% e roubos em residências (-21,74%). O relatório do Observatório de Segurança da SSP também aponta queda de 19,23% no número de furtos a transeuntes, bem como redução de 12,65% nos furtos de veículos. Furtos em comércio regrediram 16,13% e, em residências, 4,52%.

Integração
Ao analisar os indicadores, Balestreri destacou a importância da integração entre as forças policiais. “O trabalho conjunto tem sido fundamental para obtermos resultados tão relevantes. Esse é o modelo ideal”, garantiu.
A política de integração entre as forças policiais é amplamente defendida pelo governador Marconi Perillo e pelo vice-governador José Eliton. As ações conjuntas tiveram início em 2016, na gestão do vice-governador à frente da Secretaria de Segurança Pública. Na época, idealizou e instituiu o Pacto Integrador de Segurança Interestadual que reúne estados de todas as regiões do País em ações de inteligência e operações integradas no combate ao crime organizado.
Dezenas de organizações criminosas foram identificadas e desmanteladas pelas forças policiais nessa atuação integrada que também apreendeu grandes quantidades de drogas e armas.
Participaram da apresentação dos indicadores o superintendente executivo da SSP, tenente-coronel Newton Nery de Castilho; comandante-geral da Polícia Militar, coronel Divino Alves; delegado-geral adjunto da Polícia Civil, Marcelo Aires Medeiros; comandante-geral do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Carlos Helbingen Júnior; e tenente Tenison Machado Durões, do Observatório de Segurança Pública.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Cartões do Renda Cidadã estão no radar do MPF

20/04/2018

O Ministério Público Federal em Goiás (MPF/GO), por meio de sua Procuradoria Regional Eleitoral (PRE), instaurou, na últi...

Memorial resgata parte da história do classismo e da economia local

20/04/2018

Um acontecimento casual levou à descoberta de um acervo importante para o resgate da história da Associação Comercial e I...

Mãe se diz punida, apenas, pelo seu inconformismo

20/04/2018

Desde a morte do filho, Paulo Gabriel Lopes Tonetto, ocorrida em novembro de 2014, quando o mesmo contava, então, com 24 ano...

PRF se engaja em campanha “Eu sou do bem, Eu sou de Deus”

20/04/2018

Na manhã da última quarta-feira, 18, mais um passo importante foi dado para tornar nacionalmente difundida a campanha “Eu...