(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Inclusão digital: Curso de recebe inscrições de mulheres entre 17 e 24 anos

Educação Comentários 30 de outubro de 2015

A capacitação é oferecida em três telecentros municipais e é direcionada a integrantes de famílias que participam do Programa Bolsa Família


Anápolis integra o projeto “Inclusão Digital e Cidadania”, que atende mulheres entre 15 e 24 anos beneficiárias do programa Bolsa Família com a oferta de capacitação em tecnologia da informação e comunicação. As aulas são realizadas nos telecentros da Casa Brasil, no Recanto do Sol, do Bairro de Lourdes e do Centro de Esportes e Artes Unificados (CEU), no Jardim Alvorada, locais onde também são feitas as inscrições. O projeto é uma iniciativa do programa de mestrado em Sociedade, Tecnologia e Meio Ambiente, da UniEVANGÉLICA, com apoio da Prefeitura, via Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação.


Trata-se de um projeto de pesquisa em andamento durante todo este ano realizado com recursos do Ministério das Comunicações e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg). Segundo sua coordenadora, professora Geovana Tavares, o curso oferece material didático para as participantes, que têm acesso a vários exemplos de trabalhos de geração de renda em rede e devem apresentar propostas de geração de renda utilizando a rede. As alunas são colocadas em contato com conteúdos como comunicação e tecnologia, criação e uso de e-mail, modos de armazenamento de informações, ferramentas de produtividade, linguagens básicas para o uso da rede, construção de loja virtual, e até sobre empreendedorismo.


A professora explica como funciona. As participantes, organizadas em grupos de até 10 pessoas por oficina e curso de curta duração, têm aulas de caráter teórico/prático. Tais atividades estão sendo ministradas por uma equipe de 20 bolsistas, composta por oito alunos do mestrado em Sociedade, Tecnologia e Meio Ambiente, e 12 dos cursos de graduação em Engenharia da Computação, Engenharia Civil e Biologia. O projeto compreende que o processo de inclusão digital faz parte de uma construção da cidadania, afirma Geovana Tavares.


Segundo ela, o acesso à informação é um direito fundamental de qualquer sociedade democrática. Baseado nesta compreensão optou-se por propor trabalho de pesquisa e extensão tendo como público-alvo mulheres jovens, entre 15 a 24 anos de idade, em situação de vulnerabilidade social, mas especificamente aquelas que compõem famílias integrantes do Programa de Transferência de Renda – Bolsa Família. Conforme informações da Secretaria de Desenvolvimento Social, cerca de 14.222 famílias residentes no município de Anápolis estão inseridas no Programa e todas contam com a presença feminina.


 


Saiba onde as aulas são realizadas:


 


Recanto do Sol – Telecentro da Casa Brasil


Endereço: Av. do Estado, esquina com Rua SW-13


Realização: Terça-feira (matutino e vespertino)


Horário: 9h às 11h - 14h às 16h


Contato (62) 3902-2887/ 3902-2225


 


Bairro de Lourdes – Telecentro do PETI


Endereço: Av. Comercial s/n.


 


Realização: Terça-feira (vespertino) e quarta- feira (matutino)


Horário: 9h às 11h - 14h às 16h


Contato (62) 3902-2563


 


Jardim Alvorada – Telecentro Comunitário CEU –


Endereço: Av. JK Qd 12 Praça Valdemar Jorge Naben.


Realização: Terça-feira (vespertino) e Quarta-feira (vespertino).


Horário: 14h às 16h


Contato (62) 3902-1087

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Educação

UniEVANGÉLICA se torna sede de Associação Internacional ligada à engenharia de aquecimento

17/05/2018

A partir de maio, a UniEVANGÉLICA será a sede da representação estudantil da ASHRAE (Associação Americana de Engenheiro...

Jovem aprovado para mestrado com “diagóstico” de empresa familiar

17/05/2018

O aluno Renato de Souza Gonçalves já conquistou muito em sua vida profissional. Como principal administrador de uma empresa...

Jovem aprovado para mestrado com “diagóstico” de empresa familiar

17/05/2018

O aluno Renato de Souza Gonçalves já conquistou muito em sua vida profissional. Como principal administrador de uma empresa...

Faculdade Raízes vence o 1º Júri Simulado promovido pela OAB

10/05/2018

A equipe de estudantes da Faculdade Raízes de Anápolis venceu no dia 5 de maio, o 1º Concurso de Júri Simulado realizado ...