(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Inaugurada a Unidade de Piscicultura em Anápolis

Geral Comentários 13 de dezembro de 2018

Projeto inovador irá beneficiar o campo de pesquisa neste setor para toda a região Centro-Oeste


A Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), entregou na última quarta-feira, 12, a Unidade de Piscicultura na Estação Experimental de Anápolis. O evento lançou a revitalização e ampliação da unidade que beneficiará o campo de pesquisa em piscicultura na região Centro-Oeste.
A reforma da Unidade de Piscicultura durou 15 meses. Para a revitalização do espaço foi investido um milhão de reais pela Emater e outros R$ 200 mil necessários para o desenvolvimento dos estudos, foram adquiridos por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg).
A reforma entregou 36 viveiros e dois laboratórios, sendo um destinado à reprodução e outro à analise de piscicultura, com foco principal em tilápias e peixes nativos. Dessa forma, o projeto visa fomentar o setor de pesquisa em piscicultura para agricultores familiares e estudantes.
A ampliação da unidade proporcionará a realização de serviços de pesquisa e estudos, em parcerias com universidades e a sociedade, e vai disponibilizar informações aos agricultores familiares.
Segundo o presidente da Emater, Pedro Arraes, “a revitalização é uma conquista para a agência como Agência de Inovação Rural, pois o Estado tem demonstrado potencial, infraestrutura e condições ambientais para alavancar a piscicultura.” Na cerimônia, destacou que a reestruturação não foi uma tarefa fácil e ressaltou a importância da participação da Fapeg e de seu investimento na unidade.
A recuperação e estruturação da unidade vai disponibilizar recursos como tecnologia de manejo e comercialização para o desenvolvimento mais intensificado na região, com objetivo de investimento no desenvolvimento de tecnologias de produção de peixes no Estado, facilitando o acesso à pesquisa para os pequenos produtores investirem nesse mercado.
De acordo com o pesquisador em Piscicultura da Emater, Rolando Mazzoni, “a geração de conhecimento que será feita aqui é muito importante tanto para universidade quanto para a sociedade em geral, beneficiando os pequenos produtores com aplicações imediatas de estudos realizados na unidade”.
A Emater tem investido na reestruturação física de suas unidades no interior do Estado, com a reforma de Unidades Locais e Regionais.


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Mais de 500 mil empresas são excluídas do Simples Nacional

17/01/2019

Por causa de irregularidades no Simples Nacional, a Receita Federal excluiu 521.018 empresas do programa. Os empresários nã...

INSS divulga calendário de pagamentos para os aposentados

17/01/2019

Os aposentados e pensionistas do INSS que ganham mais do que um salário mínimo (R$ 998, em 2019) terão reajuste de 3,43% e...

Turismo goiano será incentivado

17/01/2019

A primeira conversa do novo presidente da Goiás Turismo com empresários, secretários de Turismo e presidentes de Conselhos...

Cadastramento para o Passe Livre começa e terá mais fiscalização

17/01/2019

A Secretaria de Governo anunciou, nesta quarta-feira, dia 16, que fará a verificação minuciosa dos cadastros efetuados no ...