(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

IFG tem aulas de artes marciais a crianças de bairros

Cidade Comentários 08 de setembro de 2017

Iniciativa atende a crianças e adolescentes em uma das regiões mais carentes do Município, com uma série de atividades


O Câmpus do Instituto Federal de Educação, em Anápolis, desenvolve dois importantes projetos sociais que oferecem aulas gratuitas de artes marciais a crianças que moram nas suas proximidades. As iniciativas atendem a, aproximadamente, 60 meninas e meninos por meio de iniciação esportiva em caratê; jiu jitsu e muay thai. Estas parcerias se originam do projeto de extensão do IFG, denominado “Terra, mãos e sonhos no Câmpus Anápolis: uma proposta de intervenção nas condições de vulnerabilidade social no Residencial Copacabana e Vale das Laranjeiras”
O primeiro projeto parceiro foi “Os Bárbaros de Cristo”, que atende a alunos de seis a 18 anos e existe há cinco meses. Ele utiliza as dependências do Galpão Tecnológico do Câmpus há dois meses e oferece aulas de jiu jitsu e muay thai. Antes disso, as aulas eram realizadas em chão batido. Um incentivo recente ao trabalho foi a participação dos alunos no Campeonato Goiano de Jiu jistu, realizado em Goiânia no mês de agosto.
Já o projeto Esporte com Amor, conduzido pela Associação “Amor ao Próximo”, oferece aulas de caratê para alunos entre cinco e 17 anos provenientes de locais como Vale das Laranjeiras, Residencial Reny Cury e outros. Ele existe desde janeiro de 2017. O “Esporte com Amor” inclui a oferta de aulas de futebol de campo em outro espaço fora do IFG. Nos dois projetos apoiados pelo IFG, após as aulas, as crianças recebem lanche proveniente de doações.

Como é
Durante as aulas, destacam-se a reverência e o respeito aos instrutores pelos ensinamentos que os beneficiários têm alcançado. Tudo isso associado a uma nítida percepção da dedicação oferecida a elas por parte dos voluntários dos dois projetos. Aqueles que acompanham de perto seus familiares atestam os bons resultados já obtidos por eles como a melhora no convívio da família e no desempenho escolar. Os dois projetos exigem que o aluno frequente a escola. (Com informações do Centro de Comunicação Social do IFG).

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

LDO estima receitas e despesas em mais R$ 1,5 bilhão para Anápolis em 2020

17/04/2019

O Prefeito Roberto Naves encaminhou à Câmara Municipal, o Projeto de Lei Complementar (PLC nº 008/2019) dispondo sobre a L...

Procurador da Enel diz que empresa investirá cerca de R$ 6 bilhões

17/04/2019

Já quase na etapa final da sessão da CPI da Enel em Anápolis, o advogado da empresa, Lúcio Flávio de Paiva, teve a palav...

Ações do Governo de Goiás em Anápolis começam pelo DAIA

13/04/2019

O Governador Ronaldo Caiado (DEM) cumpriu agenda em Anápolis nesta quinta-feira 11/04. Foi a primeira vinda dele ao Municíp...

Fechamento da Delegacia da Receita Federal gera apreensão em Anápolis

13/04/2019

O possível fechamento da Delegacia da Receita Federal em Anápolis tem gerado preocupação em diversos setores da sociedade...