(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Hyundai inicia produção do iX35 em Anápolis

Economia Comentários 17 de agosto de 2013

Empresário Carlos Alberto de Oliveira Andrade recebeu autoridades para a apresentação da nova linha de montagem


O governador Marconi Perillo esteve em Anápolis na última quarta-feira, dia 14, para conferir o início da produção do iX35, que passa a ser produzido pela CAOA, no Distrito Agroindustrial de Anápolis. A unidade goiana é a primeira a produzir em solo nacional um dos mais sofisticados modelos da fábrica coreana. Antes o iX35 era importado diretamente da matriz asiática.
O Grupo Caoa investiu cerca de R$ 600 milhões em Goiás na nova linha de montagem que está projetada para alcançar, gradativamente, a produção de 165 unidades diárias do iX35, até dezembro deste ano. Além disso, a montadora goiana já produz os modelos HR (caminhonete), HD (caminhão leve) e o Tucson (SUV), num total de 2.800 novos veículos por mês.
“Estamos diante de uma fábrica moderna e de altíssima tecnologia, que desde o seu início em solo goiano, no ano de 2002, já nos brindou com diversas obras de ampliação e vai continuar crescendo cada vez mais. Graças aos incentivos fiscais concedidos pelo Governo do Estado em programas como o Produzir, à segurança jurídica conferida ao empresariado e à concessão de crédito outorgado para investimentos em infraestrutura, Goiás tem conseguido atrair grandes empresas, que encontraram aqui condições para prosperar”, disse Marconi Perillo.

Nova fase
O presidente do Grupo Caoa, Carlos Alberto de Oliveira Andrade, comentou a nova fase da Hyundai, em Anápolis: “É importante notar que a tecnologia dos automóveis está se aprimorando e com isso nós também estamos nos aprimorando nesse processo. Hoje iniciamos a fabricação em solo nacional de um dos carros considerados um dos melhores do mundo em termos tecnológicos”, explicou o empresário.
O governador Marconi lembrou o esforço para modernizar o parque industrial do Estado e atrair grandes grupos como a Caoa. “Hoje, Goiás é um Estado industrial. E isso se deu graças aos esforços empreendidos em nossas gestões anteriores. Só na Hyundai de Anápolis foram gerados cerca de dois mil empregos diretos e outros milhares indiretos”, comemorou.
A Hyundai de Anápolis emprega hoje dois mil colaboradores diretos, sendo 200 deles recém- contratados para a fabricação do novo modelo. Sua produção é voltada para abastecer o mercado nacional de automóveis. Além da fábrica goiana administrada pelo Grupo Caoa, a Hyundai mantém em Piracicaba (interior paulista) uma segunda unidade, gerida pela matriz coreana.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Economia

Município cai no ranking goiano de exportações

16/11/2017

Mais de US$ 1,4 bilhão. Este é o valor da corrente de comércio, representada pela soma das exportações e importações f...

Produto Interno Bruto de Goiás registra queda de 4,3% em 2015

16/11/2017

A economia goiana movimentou R$ 173,63 bilhões em 2015, valor R$ 8,62 bilhões acima do registrado no ano anterior (R$ 165,0...

Secretário se compromete a intermediar causas de empresários com a Companhia

09/11/2017

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Francisco Pontes, afirmou que vai intermediar um encontro para solucion...

Luta nacional transforma-se em uma “briga” caseira em Goiás

09/11/2017

O Governo de Goiás e o setor produtivo travam uma verdadeira batalha em torno do Decreto 9.075, de 23 de outubro de 2017, as...