(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Hospital recebe aparelho para tratamento de cálculo renal à laser

Saúde Comentários 07 de dezembro de 2012

Com a nova estrutura, a unidade terá capacidade de prestar atendimento a até 40 pacientes por semana que necessitam de intervenção


A Secretaria Municipal de Saúde inaugurou na última quarta-feira,5, no Hospital Municipal Jamel Cecílio (HMJC), uma sala equipada para o tratamento de cálculo renal à laser, método chamado de litotripsia. Além disso, a unidade também recebeu novos equipamentos.
O novo procedimento integra o Centro de Diagnóstico do Hospital Municipal, implantado pela atual gestão, que já conta com um laboratório e aparelhos para realização de tomografia, ultrassonografia e endoscopia. A previsão é que a sala para tratamento de cálculo renal receba cerca de 40 pacientes por semana.
A litotripsia destrói um cálculo renal, em diversos pedaços, ainda dentro do corpo do paciente através de ondas eletromagnéticas inofensivas para que possam ser expelidos facilmente pelas vias urinárias. Trata-se de um método moderno no tratamento de cálculo renal, que oferece mais comodidade e segurança aos pacientes.
A solenidade de inauguração contou com as presenças do prefeito Antônio Gomide; do vice-prefeito João Gomes; do secretário municipal de Saúde, Luiz Carlos Teixeira, do promotor de justiça e curador da Saúde, Marcelo Henrique dos Santos, dos vereadores Assef Naben, Luiz Lacerda e Dinamélia Rabelo, do diretor administrativo do Hospital Municipal, Jorge Manoel, entre outras autoridades.
De acordo com o secretário municipal de saúde, Luiz Carlos Teixeira, esses investimentos são significativos. “A litotripsia e todos esses equipamentos vão fortalecer ainda mais o atendimento no Hospital, que possui uma grande demanda em função da sua resolutividade”, falou.
Para o prefeito Antônio Gomide, a inauguração viabiliza melhorias nos atendimentos na área da saúde. “É uma demonstração da preocupação da administração municipal em trazer mais benefícios para a comunidade. O Hospital Municipal cumpre um papel social muito grande e damos condições para que os atendimentos sejam realizados com qualidade. Se há uma procura por atendimentos pela população de Anápolis e região é porque sabem que aqui encontram o que precisam”, disse.

Melhorias
O Hospital Municipal também está recebendo vários equipamentos. São três eletrocardiógrafos, três bisturis elétricos, cinco desfibriladores, quatro carrinhos de parada, quatro monitores, dois ventiladores pulmonares e 11 aspiradores cirúrgicos. O intuito é dar mais suporte as urgências e emergências atendidas no pronto socorro da unidade.
Atualmente, cerca de 20 mil pessoas por mês procuram atendimento ambulatorial e emergencial no Hospital Municipal que, desde 2009, passou por reformas no centro cirúrgico, teve a implantação do Centro de Diagnóstico, recebeu novos equipamentos e certificação de controle de qualidade para o Laboratório, entre outras melhorias.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Projeto atende a quase 800 pacientes que estavam na fila

26/05/2017

Há dois anos, a auxiliar de limpeza, Lídia dos Reis, 38, sentia fortes dores de vesícula. As pedras acumuladas no órgão ...

Dengue recua, mas população não deve baixar a guarda

26/05/2017

Em que pese as estatísticas demonstrem um recuo bastante significativo de casos de dengue em Goiás e, particularmente, em A...

Infectologia tem jornada sábado

18/05/2017

A Sociedade Goiana de infectologia realiza neste sábado, 20, a I Jornana de Infectologia de Anápolis. As palestras têm por...

Como superar o fim de um relacionamento?

27/04/2017

Ter o ‘coração partido‘ é uma das experiências mais traumáticas da vida. No entanto, de acordo com um estudo da Univ...