(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Hospital Espírita fecha acordo e deve retomar atendimento

Saúde Comentários 06 de maro de 2015

Desde o último dia 02, a unidade deixou de atender a novos pacientes, devido à situação financeira precária por falta de repasses de recursos


O Hospital Espírita de Psiquiatria de Anápolis (HEP) deverá retomar, a partir desta sexta-feira, 06, o atendimento para novos pacientes. Este atendimento estava paralisado, devido à precária situação financeira da unidade, que ameaçou fechar as portas. Na última segunda-feira, 02, o diretor administrativo do hospital, Cauby Moreira, esteve na Câmara Municipal, onde relatou o problema e buscou apoio do Poder Legislativo, para se encontrar uma solução do problema.
De acordo com o dirigente, o hospital vem passando por essa crise já de longa data, em razão da defasagem da tabela do Sistema Único de Saúde (SUS), que paga uma diária de internação de, apenas, R$ 33,50 por paciente. Dinheiro que, segundo ele, é insuficiente para cobrir as despesas com refeições (cinco por dia); medicação, exames e a estrutura que conta, atualmente, com 287 profissionais. Daí, a unidade vir acumulando déficits nas suas contas, obrigando a diretoria a vender patrimônio e a contrair empréstimos bancários com a Caixa Econômica Federal, o que gera uma despesa por mês de R$ 58 mil. Mensalmente, o déficit do HEP fica em torno de R$ 180 mil. Somente com a folha de pagamento, a despesa da unidade é da ordem de R$ 650 mil, sendo que o faturamento bruto fica na casa de R$ 450 mil.
Para agravar a situação, o hospital deixou de receber repasses oriundos de convênios que foram firmados junto à Prefeitura de Anápolis e Governo Estadual, através das suas respectivas secretarias de Saúde. Os atrasados do Estado somam R$ 1,3 milhão, enquanto que os da Prefeitura somam o valor de R$ 500 mil, sendo que os montantes globais que deveriam ser repassados em parcelas. Cauby Moreira afirmou que, se os repasses estivessem em dia, não haveria a necessidade de se recorrer a empréstimos bancários.

Acordo
Na quarta-feira, 04, foi realizada uma reunião em Goiânia, com a participação dos secretários estadual e municipal de Saúde, Leonardo Vilela e Luiz Carlos Teixeira, respectivamente, e a direção do Hospital Espírita. Na oportunidade, foi selado um acordo, segundo o qual, na quinta-feira, 05, o Estado repassaria R$ 600 mil do débito de R$ 1,3 milhão e a Prefeitura irá pagar duas parcelas mensais no valor de R$ 100 cada uma, totalizando R$ 400 mil, conforme o acordo firmado no ano passado. Além disso, ficou estabelecido que o Estado e o Município vão complementar o valor da diária do SUS, com a contrapartida de R$ 21. Serão, então, R$ 42 mais R$ 33,50, totalizando R$ 75,50, ou seja, mais do que o dobro da remuneração que vinha ocorrendo.
O HEP é responsável por atender a Anápolis e a outros 105 municípios, dos quais 79 ficam em Goiás e o restante em outros 11 estados como Tocantins e Mato Grosso, por exemplo. A unidade conta com 341 leitos de internação, dos quais 21 são direcionados para os atendimentos particulares ou via convênio. Os outros 320 são destinados aos pacientes do SUS. Um total de 60 fica na chácara mantida pela instituição. Outros 120 leitos são para tratamento de dependentes químicos e 140 para pessoas com transtorno mental. O hospital realiza, em média, 1,4 mil consultas por mês.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Combate à “farra” dos cartões do SUS

17/01/2019

O Prefeito Roberto Naves anunciou que deverá enviar uma equipe técnica para conhecer o modelo de gestão de uma espécie de...

Secretário Municipal de Saúde faz “raio-x” nas unidades ligadas ao setor

17/01/2019

Avaliar de perto a realidade de cada uma das unidades da rede municipal e fiscalizar a prestação de serviços ao cidadão. ...

Crise na Saúde - Municípios estão em dificuldades sem os repasses do Estado

10/01/2019

De acordo com o Atlas da Eficiência da Educação (versão 2018) em Goiás, a gestão da educação em 213 municípios (93% ...

Verba para equipamentos na odontologia municipal

10/01/2019

Devido ao trabalho executado na área de saúde bucal, inclusive com a criação de 12 novas equipes em dois anos, a Prefeitu...