(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Hospital de Urgências completa oito anos

Saúde Comentários 19 de julho de 2013

Unidade, que é referência em atendimentos de urgência e emergência, atende cerca de 400 mil pacientes por ano


O Hospital de Urgências Dr. Henrique Santillo comemora oito anos como referência no atendimento de emergência e urgência no município de Anápolis e região. Criado em 2005, desde então é administrado pela Fundação de Assistência Social de Anápolis (FASA).
“A administração da Saúde por OS promoveu um salto de qualidade no atendimento à população e é preciso que isso seja compreendido e aceito pela sociedade”. A avaliação é do secretário Antonio Faleiros, em visita à unidade. Já o ex-prefeito de Goiânia e presidente da Comissão de Excelência das OSs, Nion Albernaz, ressaltou na ocasião que espera ver o Huana com o título de excelência conferido pela Organização Nacional de Acreditação. O título é inédito em Goiás e avalia o hospital em cerca de 500 itens de qualidade. “Se existe uma instituição que tem condições de buscar essa qualificação, é o Hospital de Urgências Dr. Henrique Santillo”, disse.
De 2008 até agora o número de atendimentos saltou de 300 para 400 mil por ano, relativos a serviços de diagnósticos e tratamento. Só nos últimos 12 meses foram investidos R$ 375 mil em aquisição e reforma de equipamentos, R$ 110 mil em reformas físicas que vão desde pintura mensal da unidade a reforma de pisos das Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) e adequação de rede de esgoto. Mais de R$ 2 milhões foram computados em compra de medicamentos, o que demonstra o abastecimento da unidade.
Outros 72 novos profissionais foram contratados a partir de 2011 para reforçar o quadro do Huana, que agora conta, também, com atendimentos em fonoaudiologia. São atendidos por mês cerca de 400 pacientes nessa especialidade.

Estrutura
O Huana possui papel importante para desafogar o atendimento na capital. Conta com 84 leitos, sendo 18 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e cerca de 600 profissionais. Com demanda crescente, o hospital tem uma das melhores taxas de atendimentos entre os hospitais de Estado. São mais de três mil pacientes atendidos no pronto socorro por mês e 600 internações.
Aproximadamente 800 cirurgias são realizadas, das quais 591 ortopédicas. Os registros mais impressionantes são os da realização de exames para diagnóstico: 16.884, dos quais 12.373 laboratoriais, 2.204 raios-x e 1.106 tomografias.
Como procedimentos auxiliares, o Huana também esteve equipado para realizar 262 transfusões de sangue e 49 hemodiálises todos os meses. Conhecidos por Atos Não Médicos, as equipes de Serviço Social, Fisioterapia, Farmacologia Clínica, Psicologia e Nutrição fizeram em média 14.057 procedimentos.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Goiás avalia início da vacinação

20/04/2018

Devido ao aumento do número de casos de SRAG em Goiás, o Ministério da Saúde antecipou a Campanha de Vacinação contra I...

Vacinação começa nesta sexta-feira nas unidades de saúde

13/04/2018

Começa nesta sexta-feira, 13, a campanha de vacinação contra a gripe H1N1 na rede municipal de saúde. Idosos, trabalhador...

Relaxe os músculos

05/04/2018

No final do dia, a coluna, os ombros e o pescoço estão tão tensos que parecem ter carregado sacos de areia. Com o tempo, e...

Reforma da UPA entra para a reta final de obras

29/03/2018

Em fase final, a reforma da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Vila Esperança será concluída dentro de 15 dias, e vai ...