(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Hemocentro anuncia captação de sangue em Anápolis

Saúde Comentários 05 de setembro de 2014

Trabalho será desenvolvido na próxima semana em parceria com o Hospital de Urgências


Está marcada para a próxima quinta-feira, 11, a presença, em Anápolis, de uma unidade móvel do Hemocentro de Goiás. Ela vem para promover a coleta de sangue de doadores solidários. Com as atividades centralizadas no Feirão Coberto da Vila Santa Isabel, o atendimento ocorrerá entre 08 e 17 horas. De acordo com a coordenação do projeto, o objetivo é o de elevar as doações e manter os estoques do banco, auxiliando na manutenção do serviço, já que o Hospital de Urgências “Doutor Henrique Santillo” é uma unidade de pronto atendimento, com alto consumo de bolsas de sangue, por conta da necessidade dos pacientes em estado grave. Durante o evento, também, haverá programação cultural, que contará com a Banda da Polícia Militar, na abertura, além de outras atrações como a apresentação de peças teatrais e cantores locais.
Doação
De acordo com as normas técnicas e científicas do setor, para ser um doador de sangue, é fundamental que a pessoa esteja em boas condições de saúde; portar documento de identificação com foto; ter idade entre 16 e 68 anos (os menores de 18 anos precisam estar acompanhados dos pais ou responsáveis); os homens devem pesar mais de 55 kg e as mulheres acima de 50 kg. Não é necessário estar em jejum, mas, evitar alimentos gordurosos como: leite, ovos e derivados; não ter ingerido bebidas alcoólicas nas 12 horas anteriores à doação e ter dormido, pelo menos, seis horas antes da doação.
Por outro lado, são impossibilitadas de doar, pessoas que já foram acometidas de hepatite; doença de chagas; malária; sífilis; usuários de drogas que compartilham seringas injetáveis; homens e mulheres com múltiplos(as) parceiros(as) sexuais e que mantenham suas relações sem o uso de preservativo (camisinha); parceiros sexuais de pessoas infectadas pelo HIV ou enfermos com AIDS; pessoas com histórias prévias, recentes de doenças sexualmente transmissíveis e mulheres grávidas.
A importância
Conforme definições universais, sangue é um “remédio” diferente dos outros, por não ser fabricado em laboratórios e não se comprar em farmácia - somente pode ser obtido por meio de doação de um ser humano a outro. E, para se ter sangue em estoque, é preciso de sensibilidade e solidariedade. A todo instante, pessoas sofrem acidentes, necessitam de cirurgias de urgência, etc. Além disso, alguns pacientes como os portadores de anemias, hemofilia e outras doenças crônicas, precisam, constantemente, receber transfusão de sangue e hemocomponentes.
A doação não traz nenhum prejuízo ou risco para quem a realiza. A triagem clínica é rigorosa e o candidato só doa sangue se estiver em boas condições de saúde. As informações prestadas são mantidas em rigoroso sigilo e são de fundamental importância para a boa qualidade do sangue que será transfundido nos pacientes. O material utilizado é descartável e não há risco de contrair doenças durante o procedimento.
A cada doação há uma nova avaliação clínica e o sangue é submetido a rigorosos testes laboratoriais. Os equipamentos são de última geração, os profissionais recebem treinamentos constantes. O sangue coletado é separado em vários componentes e cada paciente receberá aquela parte que seu organismo precisa. O sangue doado passa por um processo chamado fracionamento, no qual são obtidos os componentes sanguíneos, que são transfundidos a vários pacientes. É importante lembrar, também, que doar sangue não dói, é fácil e não faz falta ao doador, pois o organismo se encarrega rapidamente de sua reposição logo após a doação.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Saúde

Crise na Saúde - Municípios estão em dificuldades sem os repasses do Estado

10/01/2019

De acordo com o Atlas da Eficiência da Educação (versão 2018) em Goiás, a gestão da educação em 213 municípios (93% ...

Verba para equipamentos na odontologia municipal

10/01/2019

Devido ao trabalho executado na área de saúde bucal, inclusive com a criação de 12 novas equipes em dois anos, a Prefeitu...

SAMU - Frota de ambulâncias tem novas viaturas

10/01/2019

Um serviço de referência que falta pouco para atingir também o padrão de excelência em atendimento. Trata-se do Samu de ...

Campanha de combate ao mosquito da dengue nos bairros

20/12/2018

O Dia D da campanha Anápolis contra a Dengue aconteceu nesta quinta-feira, 20, , no Jardim Esperança, simbolizando o iníci...