(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Governo troca direção na Ciretran de Anápolis

Cidade Comentários 21 de outubro de 2011

A Circunscrição Regional de Trânsito tem desde a última quarta-feira,19, um novo diretor, o coronel Sérgio Mendes assumiu o cargo interinamente e deve permanecer por 60 dias


Os rumores de uma eventual intervenção do Governo do Estado na Circunscrição Regional de Trânsito de Anápolis (Ciretran), acabaram se concretizando. Na tarde da última quarta-feira,19, esteve em Anápolis o coronel Sérgio Mendes, que foi nomeado ocupar o cargo, provisoriamente, por 60 dias, segundo ele próprio confirmou em entrevista à imprensa na Câmara Municipal, onde esteve acompanhando do ex-diretor, tenente Sirismar Fernandes, que deve retornar ao Colégio Militar.
“Estou aqui para colaborar, no intuito de que não haja prejuízo aos usuários da Ciretran na prestação dos serviços”, ressaltou o novo diretor, coronel Sérgio Mendes, relatando que a indicação de seu nome para o cargo partiu do diretor de Operações do Detran-GO, coronel Vaz, sendo referendado pelo comandante geral da PM, coronel Raimundo Nonato de Araújo Sobrinho. Ainda na quarta-feira ele foi apresentado aos funcionários do órgão para que, no dia seguinte, ou seja, na quinta-feira,20, pudesse iniciar um levantamento mais criterioso da situação da regional, conforme anunciou durante a entrevista.
“Vamos identificar as necessidades e, dentro das prioridades, vamos fazer o encaminhamento para a Direção Geral do Detran, em Goiânia”, frisou, dizendo ter tomado conhecimento de relatos sobre a estrutura precária da Ciretran. O novo diretor evitou fazer qualquer tipo de comentário a respeito da atuação de seu antecessor e, questionado sobre o motivo da intervenção, ele tratou a questão de uma ouyra forma, ou seja: “uma mudança de ordem administrativa”.
O ex-diretor, Sirismar Fernandes, que ficou um ano e sete meses no cargo, disse estar tranquilo, embora ressentido com a situação que envolveu a sua saída. Ele destacou algumas conquistas de sua gestão citando, dentre elas, a reforma do prédio, a diminuição da inadimplência, a motivação dos servidores e o combate aos desvios de conduta. O seu destino agora, embora ainda carecendo de conformação, deve ser mesmo o retorno ao Colégio Militar.
Não há confirmação, mas especula-se que um dos estopins para a saída do tenente Sirismar Fernandes teria haver com a realização de uma audiência pública na Câmara Municipal para debater a situação do órgão. O ex-diretor não quis se pronunciar a respeito, limitando-se a mencionar o que havia dito o novo diretor: “a mudança foi de caráter administrativo”.
Pelo sim pelo não, uma coisa é certa: a situação das instalações da Ciretran de Anápolis estão muito aquém daquilo que o órgão arrecada na regional. O prédio é antigo, oferece péssimas condições de trabalho aos funcionários e, consequentemente, para o atendimento ao público. O pátio para a guarda de veículos está superlotado e os processos são armazenados de forma inadequada, às vezes, ocupando os corredores.
Na quinta-feira,20, a Câmara Municipal realizou a audiência pública, que foi proposta pelo vereador Amilton Batista. O detalhe, como já se previa, é que não compareceu ninguém da Ciretran para participar do debate. No mesmo horário, inclusive, o novo diretor do órgão estava cumprindo as formalidades de posse.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Câmara Municipal de Anápolis vai ter seu hino oficial em breve

15/06/2017

O vereador Teles Júnior (PMN) informou, durante o uso da tribuna, na sessão ordinária da última segunda-feira,12, que pro...

Presidente da UVG defende 13º e férias para os vereadores

09/06/2017

Em visita à Câmara Municipal de Anápolis, na manhã da última quarta-feira,07, o Presidente da União dos Vereadores de G...

Anápolis ainda tem muito caminho para melhorar em informação

02/06/2017

Criada em 2011, a Lei de Acesso à Informação ainda não é aplicável de forma plena por boa parte dos municípios brasile...

MP pode aliviar dívida municipal com o INSS

18/05/2017

Durante a marcha dos prefeitos à Brasília, na terça-feira,16, o Presidente Michel Temer assinou uma Medida Provisória amp...