(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Governo busca implantação centro de manutenção de caças

Geral Comentários 29 de janeiro de 2016

Assunto foi tratado durante reunião entre o Governador Marconi Perillo e o comandante da Aeronáutica, Nivaldo Rossato, na quarta-feira,27, em Brasília


O governador Marconi Perillo participou em Brasília, na última quarta-feira,27, de três audiências com o objetivo de viabilizar investimentos para o Estado . O périplo na capital federal incluiu visitas ao Banco de Brasília (BRB), ao Comando da Aeronáutica e o BNDES. Com diretores e com o presidente do BNDES, Luciano Coutinho, Marconi falou sobre o leilão da Celg e os investimentos na companhia.
No Comando da Aeronáutica, Marconi conversou com o comandante Nivaldo Rossato para adiantar a negociação de levar a manutenção dos caças suecos Gripen para Anápolis. O governador apresentou ao comandante a localização da Plataforma Logística e da pista do Aeroporto de cargas. “Discutimos projetos relacionados à Base Aérea que irá abrigar novos caças e novos grupamentos de aviões de defesa, o que é fundamental para que Anápolis tenha a base aérea mais importante do País”, defendeu.
Os caças serão montados na região de São José dos Campos (SP) e o Governo de Goiás busca a instalação da fábrica de manutenção das aeronaves. A reunião é o desdobramento da conversa que Marconi teve com o ministro da Defesa, Aldo Rebelo, no final do ano passado.
O objetivo é montar o centro de manutenção dos caças na Plataforma Logística de Anápolis. Para Goiás, a instalação da unidade abriria portas para a atração de outras empresas. Segundo o governador, Goiás oferece ao governo federal o que ninguém pode oferecer no Brasil, que é uma plataforma e um aeroporto pronto com todas as licenças em dia.
O governo estadual defende que Anápolis possui as condições necessárias para receber o centro de manutenção dos caças por ter a Base Aérea e o Aeroporto de Cargas com a pista de 3,3 quilômetros.

Celg
Durante a audiência no BNDES, Marconi prestou contas sobre os investimentos que realizou em Goiás com o empréstimo de R$ 1,5 bilhão. O Governador solicitou à instituição recursos para novos empréstimos em investimentos de infraestrutura, mas os valores e prazos ainda serão definidos com o ministro da Fazenda, Nelson Barbosa. “Tratamos sobre o leilão e os investimentos que devem ser feitos na empresa para que ela melhore sua demanda e a prestação de serviço”, resumiu.
No Banco de Brasília, Marconi convidou o presidente, Vasco Gonçalves, para comparecer à próxima reunião do Consórcio do bloco dos estados do Brasil Central, em Goiânia, no dia 5 de março. O BRB é o banco oficial do Bloco. Gonçalves afirmou que o convite mostra que o Banco tem credibilidade além das fronteiras do Distrito Federal. “O consórcio é importante para os seis estados que compõem o bloco. Vamos preparar uma proposta interessante para apresentar aos governadores.”

Autor(a): Da Redação

Clique aqui para ler a página em formato PDF


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Lei mira a perturbação do sossego público

14/09/2017

O Prefeito Roberto Naves (PTB) encaminhou à Câmara Municipal um projeto promovendo modificações na Lei Complementar 279/2...

Aumenta demanda por atendimento

08/09/2017

Revelados nesta segunda feira (4), pela dirigente do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Eriz...

Prazo para adesão próximo de acabar

31/08/2017

Contribuintes que estão inadimplentes com a Prefeitura de Anápolis têm até o dia 14 de setembro para quitar suas dívidas...

Ação contra Carla Santillo prescreveu

31/08/2017

A 2ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJGO) entendeu estar prescrita a ação em desfavor de Carl...