(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Governo autoriza R$ 1 bilhão para obras de saneamento

Cidade Comentários 15 de julho de 2011

Anápolis está entre as cidades contempladas no pacote de recursos para investimentos do Governo até o ano de 2012. Os investimentos, no total, vão chegar a R$ 1 bi


Anápolis está entre os 36 municípios goianos contemplados no pacote de recursos a serem investidos em saneamento pelo Governo do Estado. Nesta etapa, o valor global anunciado foi de R$ 1,076 bilhão. O governador Marconi Perillo assinou a ordem de serviço autorizando o início das obras nos municípios beneficiados, em concorrida solenidade realizada na última quarta-feira,13, no auditório da Celg.
No caso de Anápolis, o valor destinado é de R$ 98,63 milhões de recursos próprios da estatal, que serão aplicados para ampliação e melhorias na rede de abastecimento de água potável. O maior aporte foi garantido ao Município de Aparecida de Goiânia: R$ 112,51 milhões, com recursos do PAC-2, BNDES e FGTS.
“A nossa meta é garantir 100% abastecimento de água. Anunciamos recentemente investimentos de R$ 547 milhões só para Goiânia e hoje estamos anunciando investimentos para os próximos dois anos de quase R$ 1,1 bilhão para 36 cidades goianas. Estamos insistindo em viabilizar mais recursos públicos e privados para que Goiás seja uma referência brasileira em abastecimento de água e em tratamento e coleta de esgoto”, ressaltou o governador Marconi Perillo, ao se dirigir aos prefeitos presentes e representantes dos municípios presentes ao ato.
O presidente da Saneago, Nilson Freire, disse que o objetivo é fazer com que o Estado alcance a marca de 95% de água tratada e 60% de redes de esgoto, que receberá 55% do total de recursos. Hoje 90% dos goianos são atendidos com rede de água e só 40% do esgoto é coletado. Freire explicou ainda que do total investido nas obras de estrutura sanitária, cerca de R$ 500 milhões são do Governo Federal (PAC), R$ 400 milhões do Governo do Estado e Saneago e o restante do BNDES e FGTS.
No total, com este investimento superior a R$ 1 bilhão, mais de 2,15 milhões de pessoas passam a ser atendidas com água tratada e esgoto através da implantação e ampliação de redes; de adutoras; construção de reservatórios e elevatórias; implantação de interceptores; barragens, lagoas e poços artesianos; sistemas de captação e estações de tratamento de esgoto.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Oposição e situação criam embate por situação do PETI

19/04/2017

Ao usar a tribuna na sessão de quarta-feira ,19, o vereador Antônio Gomide (PT) falou sobre a necessidade de a gestão muni...

Caixa equilibrado foi a maior conquista, avalia Roberto Naves

12/04/2017

Numa entrevista coletiva, com a presença de quase todos os membros de seu secretariado e de vários vereadores, o Prefeito R...

Prefeitura anuncia revitalização do Mercado Municipal em curto prazo

07/04/2017

O Mercado Municipal “Carlos de Pina” é um dos principais pontos turísticos da cidade e também um local tradicional de ...

Alvará de funcionamento terá rigorosa fiscalização na Cidade

23/03/2017

A Divisão de Fiscalização e Posturas vai desencadear, no início de abril, uma intensa e rigorosa fiscalização em todos ...