(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Gomide recebe a cúpula da Segurança Pública de Goiás

Cidade Comentários 09 de fevereiro de 2013

Durante o encontro, foram discutidas parcerias com o objetivo de reduzir a criminalidade no Município


O prefeito Antônio Gomide recebeu na manhã desta quinta-feira,7, o secretário de Segurança Pública e Justiça do Estado de Goiás, Joaquim Mesquita. A reunião teve como objetivo central o reforço da parceria da administração municipal com as forças policiais do município, principalmente no que diz respeito ao banco de horas dos efetivos das corporações.
O encontro contou ainda com a presença do vice-prefeito João Gomes, diretor geral da Polícia Civil, João Gorski, do comandante geral da Polícia Militar, coronel Edson Araújo, do delegado geral em Anápolis, Álvaro Cássio, do comandante do 3º Comando Regional da Polícia Militar, coronel Divino Alves, do deputado estadual Carlos Antônio, entre outros. O prefeito Antônio Gomide recebeu do secretário Joaquim Mesquita o plano de ação da Polícia Civil para reforçar a segurança no município.
O prefeito Antônio Gomide destacou o interesse em manter a parceria com a Polícia Militar, por meio do pagamento de banco de horas, o que garante mais efetivo nas ruas da cidade. “Temos total interesse nesta cooperação. Nosso intuito é ver a polícia nas ruas ampliando a sensação de segurança da população”, afirmou.
A extensão do pagamento de banco de horas também para a Polícia Civil foi sinalizado positivamente pelo prefeito Antônio Gomide. O chefe do executivo espera que, com a ação, a corporação possa minimizar a falta de efetivos e implante novos atendimentos à população de Anápolis. “Precisamos descentralizar o serviço e levar o atendimento aos bairros”, salientou o chefe do executivo.

Criminalidade
Após o encontro, em entrevista coletiva à imprensa, o secretário de Segurança Pública, Joaquim Mesquita, informou que os índices de criminalidade no Município já estão começando a cair. Segundo ele, a intenção é trabalhar condições para que os índices fiquem bem abaixo do registrado em 2012. No ano passado, foram 156 homicídios registrados pela Polícia. Um dos reforços será a implantação da Central de Flagrantes e a designação de um delegado para iniciar as investigações nos locais dos crimes.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

Livro narra a história de ontem e de hoje

18/06/2018

“A Cidade de Ana - Anápolis”. Este é o título da 12ª publicação assinada pelo Juiz de Direito Abílio Wolney Aires ...

Lei que cria a Vizinhança Solidária foi aprovada e já está em vigor

18/06/2018

Com a publicação no Diário Oficial do Município, entrou em vigor a Lei nº 3.971/2018, que institui, em Anápolis, o Prog...

Lei define as cores oficiais do Município

18/06/2018

A partir de agora é lei: as cores oficiais do Município são o azul, o amarelo e o branco. Estas são as cores predominante...

Metade da população já consome genéricos

07/06/2018

Aos poucos, o brasileiro vai se familiarizando com os medicamentos genéricos. Tal consumo é visto como uma economia sem ris...