(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

“Gomide está pronto para disputar o Governo”

Política Comentários 10 de janeiro de 2014

Presidente Regional do PT diz que o Prefeito de Anápolis está qualificado para concorre à sucessão estadual


Com o espalhamento da notícia que o Prefeito de Goiânia Paulo Garcia, teria refluído da decisão de colocar seu nome como alternativa do Partido dos Trabalhadores com vistas a uma eventual candidatura ao Governo de Goiás, nas eleições de outubro próximo, cresceram as chances de Antônio Gomide, Prefeito de Anápolis, ter uma espécie de aclamação dentro do PT. Isto, se for dada a esta agremiação, a vez de indicar o candidato chamado “cabeça de chapa”, dentro do acordo que existe com outros partidos, principalmente o PMDB que, também, joga com esta possiblidade. E, o PMDB tem, até, nome, ou nomes, para isto. Os do empresário José Batista Júnior, o “Júnior Friboi” e o do veterano Íris Rezende Machado que contabiliza, dentre outros cargos que já ocupou, o de prefeito de Goiânia; deputado estadual; governador, senador e ministro de estado em duas ocasiões distintas.
E, para o Presidente Regional do PT, Céser Donizete, ainda não existe nada de definido. “Estamos conversando, estamos adiantando nas conclusões. O objetivo prioritário e garantir um bom palanque para a candidatura à reeleição da Presidente Dilma Rousseff aqui em Goiás. E, isto passa, por certo, pela sucessão estadual e pelo encaminhamento das candidaturas ao Senado da República, à Vice Governadoria e à Câmara Federal”. Justificou. De acordo com Céser Donizete, existe um afunilamento natural, facilitado com a predisposição de Paulo Garcia em não concorrer ao cargo. “Ele tem dito que pretende priorizar a administração de Goiânia e recuperar parte do que se considera tempo perdido. Assim, facilita, pois é um companheiro valoroso e que teria, com certeza, força para encaixar sua candidatura. Com sua provável desistência, a situação fica mais clara e as chances de Antônio Gomide aumentam, mais ainda”, alega o Presidente do Partido dos Trabalhadores em Goiás.

Calendário
Quanto à definição em torno de nomes, Céser Donizete assegura que tudo está caminhando dentro do cronograma. “Ano passado fizemos 12 reuniões regionais do Partido. Ouvimos companheiros, discutimos, exaustivamente, a sucessão e estamos cientes de tudo oque ocorre. Temos um calendário a seguir e a cumprir e não vamos atropelar o processo. Estamos conversando com o PMDB e com os demais partidos aliados. Se houver o consenso, dispensando a indicação pelo voto, será bom. Se não houver isto, o caminho é a escolha democrática, com os companheiros indicando o que se apresentar melhor. No PT não existe carta marcada e entendo que nos outros partidos também, não. Precisamos concorrer à Governadoria com chances de ganhar e, para isto, necessitamos de entendimento, compreensão, renúncias de projetos pessoais e o maior ajuntamento de forças possível”, declarou Donizete.
Sobre o nome de Antônio Gomide, que passou a ocupar mais espaço na mídia regional, o Presidente do PT disse que “isto não é fruto do acaso. Ele vem numa crescente extraordinária. Disputou, pela primeira vez, a Prefeitura de Anápolis começando com três, quatro por cento de preferência do eleitorado, segundo as pesquisas da época. O restante da história, nem precisa falar. Ele virou o jogo, fez uma grande administração e foi reeleito com uma votação histórica. Mas, antes disso já havia sido experimentado nas urnas. Venceu três eleições para vereador e ficou na primeira suplência para deputado estadual em duas ocasiões. É um político experiente capaz de disputar o Governo de Goiás com reais chances de vencer”, alegou Céser Donizete.
Ainda sobre Gomide, o Presidente do PT de Goiás assegura que ele está antenado com as discussões regionais. “O Antônio (Gomide) participou de todos os encontros regionais mesmo não tendo qualquer perspectiva de ser indicado candidato. Ele ganhou força e experiência, o que o credencia para a disputa. Se as coisas fluírem para que seu nome seja indicado, com certeza será uma candidatura consistente. Mas, é prematuro assegurar isto. O trabalho está caminhando, os nomes surgindo e, no tempo certo, deveremos ter a maturidade e o juízo suficientes para concorrermos com o melhor quadro de que dispusermos. Há, em tudo isto, uma certeza: se for Antônio Gomide o escolhido para concorrer ao Governo de Goiás pela frente da qual o PT participará, posso garantir que ele está preparado para disputar e, se ganhar, preparado para governar Goiás, assim como tem feito em Anápolis”, concluiu Céser Donizete.

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Presidente fala da importância do Ministério das Cidades

17/05/2018

Em cerimônia de balanço dos dois anos do Governo de Michel Temer, o presidente da República se lembrou das melhorias indic...

Wilder Morais filia-se ao Democratas

05/04/2018

A pré-candidatura do senador Ronaldo Caiado (Democratas) ao governo de Goiás ganhou nesta quinta-feira (05/04) um reforço ...

Marconi Perillo renuncia e José Éliton assume o Governo Estadual

05/04/2018

Faltando pouco mais de oito meses para completar o seu quarto mandato à frente do Governo de Goiás, Marconi Perillo (PSDB),...

Ministro Baldy lança movimento “Todos pela Habitação”

22/03/2018

O Ministro das Cidades, Alexandre Baldy, lançou na última segunda-feira,19, o movimento chamado “Todos Pela Habitação...