(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Gomide diz que irá governar nos quatro anos de mandato

Política Comentários 12 de outubro de 2012

Reeleito para o cargo, Antônio Gomide (PT) ressalta, entretanto, que irá administrar a Cidade nos próximos quatro anos


Na primeira entrevista coletiva à imprensa após a eleição, o Prefeito Antônio Gomide avalia que o Partido dos Trabalhadores saiu fortalecido no Estado de Goiás e, com isso, poderá buscar vôos mais altos em 2014, na sucessão de Marconi Perillo. “O PT tem se cacifado para isso, hoje tem a Presidência da República e governa em várias capitais e cidades importantes como Anápolis. Nós podemos mostrar que temos bons projetos”. Questionado se faria uma administração de dois ou de quatro anos, ele respondeu aos jornalistas que quer governar Anápolis nos próximos quatro anos.
Eleito com quase 89% dos votos válidos, Antônio Gomide teve a maior votação proporcional nos municípios brasileiros com mais de 200 mil eleitores. Ele aproveitou a entrevista para agradecer os eleitores e disse que a votação foi um reconhecimento ao trabalho realizado por ele e a equipe durante os últimos três anos e nove meses de administração.
O primeiro questionamento, na entrevista, foi com relação ao secretariado. O chefe do Executivo anapolino adiantou que a nova equipe somente será escolhida no início do ano que vem e que o critério será a disponibilidade integral para trabalhar e a qualificação para o cargo a ser ocupado. Gomide disse que vai conversar com os partidos, mas não precisou quando pretende iniciar os diálogos. E a conversa será longa, já que a aliança que o elegeu é formada por 13 partidos.
“No momento, o nosso foco é terminar bem a atual Administração, que vai até o dia 31 de dezembro”, disse, acrescentando que um dos objetivos é a aprovação das contas da gestão, relativa ao ano de 2011, que serão, em breve, apreciadas no Pleno do Tribunal de Contas dos Municípios. “Nós já tivemos aprovadas as nossas contas de 2009 e de 2010. Isso é uma coisa que há muito a nossa Cidade não tinha”, enfatizou.

Desafios
Gomide relatou que a nova gestão, a partir de 1º de janeiro próximo terá muitos desafios. Ele citou, por exemplo, o caso da saúde. “Nós avançamos muito nessa área, mas as demandas são crescentes e nós ainda temos muito a fazer para dar um atendimento de qualidade à população”, observou, lembrando que está em fase de construção a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) na Vila Esperança e em breve, os Cais passarão a atender 24 horas, o que, na sua avaliação, trará um impacto muito grande no sistema público. Em relação à saúde, o Prefeito observou que o tema deveria ser um dos mais explorados pelos adversários durante a campanha. “Mas isso não ocorreu, porque sempre colocamos as coisas com muita clareza. Sabemos que temos problemas, mas temos empenho para buscar as soluções”.
Na área de infraestrutura urbana, Gomide assinalou que uma das prioridades será investir na canalização dos córregos, que por serem obras muito caras, dependem de recursos federais. “Nós temos os projetos e vamos correr atrás das verbas”, frisou. Além disso, salientou que vai dar prosseguimento ao programa de asfaltamento nos bairros e de recuperação da malha asfáltica que, conforme disse, passou muitos anos deteriorada. “Segundo o Plano Diretor de Asfalto, se fossemos recuperar tudo de uma vez, precisaríamos de pelo menos R$ 50 milhões”. Outro ponto importante, diz, é a questão do esgotamento sanitário, onde a intenção é buscar recursos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), para que Anápolis chegue, nos próximos quatro anos, a uma cobertura de 100 por cento do benefício. Ou seja, perto da universalização, assim como já ocorre com a água tratada. Gomide adiantou que, os projetos de saneamento estão adiantados e que, já a partir de 2013, vão sair do papel.

Câmara
Quanto ao relacionamento com a Câmara Municipal, Antônio Gomide salientou que manterá a mesma conduta, buscando o apoio daquela Casa de Leis para os projetos que beneficiam Anápolis, mas respeitando a sua independência. “Tivemos e queremos continuar tendo uma boa parceria com o Legislativo, com o Judiciário e com a sociedade organizada”, ressaltou. Ele destacou que a coligação que o elegeu fez 18 cadeiras no parlamento, o que, obviamente, garante uma maioria folgada para aprovação das matérias de interesse do Executivo.
Gomide foi questionado também sobre o relacionamento com o Governador Marconi Perillo. “Recebi uma ligação dele parabenizando pela vitória”, narrou, acrescentando que espera manter o mesmo comportamento, ou seja, de trabalhar em sintonia nas questões que envolvem os interesses e melhorias para Anápolis.

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Vereador defende mudança no pacto federativo

08/12/2017

O vereador Leandro Ribeiro (PTB) usou a tribuna durante a sessão ordinária da última quarta-feira, 06, para defender mudan...

Prefeito pode fazer uma reforma administrativa no começo do ano

08/12/2017

O Prefeito Roberto Naves (PTB) deverá ampliar a reforma em sua equipe, a partir de janeiro próximo. É que algumas Pastas e...

Vereador busca solução sobre fechamento de ruas

30/11/2017

O vereador Leandro Ribeiro (PTB), primeiro secretário da mesa diretora da Câmara Municipal, informou na tribuna do plenári...

“Estamos cansados de esperar o Governo”, desabafa Roberto

30/11/2017

“A Cidade não aguenta mais esperar”. A afirmação é do Prefeito Roberto Naves (PTB), que não esconde mais a sua insat...