(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Gomide busca recursos para infraestrutura urbana

Cidade Comentários 23 de agosto de 2013

Administração vai ao Governo Federal para garantir repasse de verbas para recuperação de antigas erosões


Com o objetivo de garantir recursos para solucionar antigos problemas de infraestrutura urbana, como extensas erosões que atingem algumas regiões da cidade, o prefeito Antônio Roberto Gomide, se reuniu com o secretário executivo do Ministério da Integração Nacional, Alexandre Navarro Garcia, em Brasília. No encontro, realizado nesta quinta-feira,22, o prefeito estava acompanhado do secretário municipal de Obras, Serviços Urbanos e Habitação, Clodoveu Reis, e do deputado federal Rubens Otoni.
O secretário executivo do Ministério da Integração Nacional, Alexandre Navarro, elogiou a iniciativa da administração municipal e repassou as orientações necessárias para conseguir os recursos. O prefeito agradeceu a disposição do secretário em colaborar com a viabilização de verbas para a execução de projetos ambientais e de engenharia que visam à recuperação de erosões que existem há mais de três décadas na cidade.
Antônio Gomide ressaltou o constante crescimento de Anápolis e da importância da concretização desses projetos. “Essas erosões em perímetro urbano contam com um projeto desde 2010 e estamos fazendo constantes contatos com o governo federal para dar mais esse passo adiante, beneficiando a população”, disse.
Os projetos já foram cadastrados junto aos principais órgãos do governo federal. Esse processo é o primeiro passo para conquista de recursos para as obras, que requerem investimentos vultosos. Segundo o secretário municipal de Obras, Serviços Urbanos e Habitação, Clodoveu Reis, a prioridade da pasta é conseguir verba para duas regiões localizadas na Vila Formosa e na Rua Leopoldo de Bulhões. “Já realizamos um estudo nessas duas localidades e, de acordo com as análises técnicas, pequenas intervenções não são suficientes para recuperar essas áreas. Pela grandiosidade da questão, estamos buscando apoio do governo federal”, explicou.
A gestão municipal junto ao governo federal é fundamental para solução dos problemas que causam o aparecimento e crescimento de erosões. Isso porque esse trabalho tem o custo elevado, além ser um processo complexo, que exige a retirada de lixo, instalação de materiais adequados, tratamento do solo, e recuperação do ecossistema local.
Segundo informações da Secretaria Municipal de Obras, Serviços Urbanos e Habitação, existem, hoje, em Anápolis, dez grandes erosões. Além da Leopoldo de Bulhões e Vila Formosa, três outras erosões são de grande porte. Elas ficam na Cidade Jardim, na Santa Maria de Nazareth, e na Giovanne Braga, completou o secretário.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Cidade

UniEVANGÉLICA apoiou evento voltado a idosos

16/11/2017

A UniEVANGÉLICA participou das celebrações dos 15 anos do Instituto de Seguridade Social de Anápolis – ISSA, vinculado ...

Município vai ter encontro do Projeto Goiás 2038

16/11/2017

A secretaria estadual de Desenvolvimento Econômico (SED-GO) reunirá representantes do Governo Municipal e da sociedade orga...

Fechamento de bares mais cedo volta à discussão em Anápolis

16/11/2017

Proposta já aplicada em várias cidades brasileiras e defendida por muitas outras, inclusive Anápolis, a limitação de hor...

Mudança extingue a 137ª Zona e remaneja mais de 46 mil eleitores

09/11/2017

Mais de 46 mil eleitores da 137ª zona eleitoral de Anápolis devem ser remanejados para as 3ª, 141ª e 144ª zonas eleitora...