(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Goiás terá reciclagem online para o “resgate” da carteira de motorista

Geral Comentários 14 de setembro de 2018

Empresa catarinense que já atua em vários estados brasileiros está trazendo plataforma para Goiás, já credenciada pelo DENATRAN


Os condutores de veículos em Goiás que atingiram 20 pontos na Carteira Nacional de Habilitação e terão de fazer o curso obrigatório para reaverem o documento suspenso, terão, em breve, a oportunidade de passar pela reciclagem através de uma plataforma de ensino à distância, que está sendo introduzida no Estado através da Auto Escola Sul da Ilha, empresa que tem matriz em Santa Catarina e, hoje, atua, também, nos estados do Rio Grande do Sul; Paraná, Tocantins, Alagoas e, agora, em Goiás.
Até então, o condutor que ficasse sem a carteira por atingir ou ultrapassar os 20 pontos em seu prontuário, só tinha a opção de fazer o curso de forma presencial no Departamento Estadual de Trânsito, em Goiânia. Para cumprir a carga exigida de 30 horas, era preciso dedicar três dias (normalmente às sextas, sábados e domingos) e, para quem mora fora da Capital, isso implicaria em arcar com gastos extras de hospedagem, alimentação, deslocamentos, dentre outros. Com o curso a distância, é possível obter a parte teórica e só fazer a prova que é aplicada pela Universidade Estadual de Goiás (UEG), em convênio com o DETRAN, na Capital.
O diretor da AE Sul da Ilha, Cristiano Ross, explicou que a empresa é a única cadastrada em Goiás para oferecer esta modalidade de reciclagem, junto ao Departamento Nacional de Trânsito. O conteúdo de sua plataforma é o mesmo que roda nos estados onde a empresa já foi credenciada para atuar, sendo aplicado basicamente em quatro módulos: Relacionamento Interpessoal; Primeiros Socorros, Direção Defensiva e Legislação. No final de cada módulo, é aplicado um simulado com 15 questões, onde a pessoa pode testar os conhecimentos adquiridos, antes de passar pela prova.
O acesso para a reciclagem deverá ser feito através das unidades do Vapt-Vupt. O valor do curso é de R$ 350. É necessário que se cumpra, pelo menos, uma hora e meia por dia, durante três dias, preferenciamente, dentro dessa forma de preparação, muito embora, depois de cadastrado na plataforma, o candidato possa baixar todo o conteúdo, o que permite administrar o seu tempo, inclusive, aumentando-o, a fim de que fique bem preparado para a avaliação.

Prevenção
Além desse curso para quem já teve a CNH suspensa, a AE Sul da Ilha traz para Goiás, o curso de EaD preventivo, para quem tem entre 14 a 19 pontos na CNH das categorias “C”, “D” e “E”. Neste caso, fazendo e comprovando a reciclagem o condutor terá zerada a sua pontuação e, dessa forma, não correrá o risco de ficar sem a carteira de motorista. Neste caso, não há a necessidade de se fazer a prova. Todo curso é também disponibilizado pela plataforma.
A reciclagem à distância, tanto no sistema obrigatório como no preventivo, é um modelo que traz muitos benefícios para os condutores. Em alguns estados, a reciclagem chega durar, até, oito dias, tempo que a pessoa terá, por exemplo, de se ausentar do trabalho. Normalmente, os cursos ocorrem no período vespertino.
A liberação, ou seja, o credenciamento da AE Sul da Ilha é fato recente. Agora, a empresa faz um trabalho para que os centros de formação de condutores (antigas autoescolas) ajudem a propagar este benefício. A expectativa em Goiás é bastante positiva, já que há estimativas apontando um número de seis a oito mil CNHs suspensas ao mês. Mas, o fator principal é poder facilitar a vida das pessoas, sobretudo, quem necessita da carteira de motorista para trabalhar.


Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

UniEVANGÉLICA - Seminários destacam direitos da pessoa com deficiência

20/09/2018

Foi promovido nesta semana na UniEVANGÉLICA o Seminário dos Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, uma iniciativa d...

Regulamenta lei que proíbe fabricação e uso do cerol

20/09/2018

O governo de Goiás editou o Decreto n° 9.316, de 18 de setembro de 2018, que regulamenta a Lei n° 17.700/2012, que dispõe...

Comarca de Anápolis fica de fora do plano para a expansão de novas varas

20/09/2018

A Comarca de Anápolis ficou de fora da primeira fase do plano de reestrutura judiciária, definido pela Lei 20.254/18, que d...

Vereador destaca do Dia do Vicentino

20/09/2018

Em discurso no pequeno expediente, durante a sessão ordinária da última quarta-feira,19, o vereador Lisieux José Borges (...