(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Goiás está entre os estados com a maior incidência de homicídios

Violência Comentários 02 de outubro de 2015

Números de uma pesquisa nacional aponta o Estado entre os seis mais violentos do Brasil


A taxa de crimes de homicídio registrados em 2014 no Estado de Goiás foi uma das mais altas do País. Enquanto a média nacional foi de 25 mortes, em Goiás este número aponta mais de 39 assassinatos por cada grupo de 100 mil habitantes. Por conta disso, o Estado ficou na sexta colocação entre os mais violentos do Brasil. Alagoas lidera com quase 62 homicídios por cada grupo de 100 mil habitantes. Veja os seis mais violentos no quadro abaixo:


Brasil:


Taxa de homicídios para cada 100 mil habitantes: 25,8 Total de homicídios: 52.336 População: 202.768.562


Alagoas (AL)


Taxa de homicídios para cada 100 mil/h: 61,8 Total de homicídios: 2.053 População: 3.321.730


Ceará (CE)


Taxa de homicídios para cada 100 mil/h: 48,6 Total de homicídios: 4.297 População: 8.842.791


Sergipe (SE)


Taxa de homicídios para cada 100 mil/h: 45,0 Total de homicídios: 999 População: 2.219.574


Rio Grande do Norte (RN)


Taxa de homicídios para cada 100 mil/h: 43,7 Total de homicídios: 1.489 População: 3.408.510


Mato Grosso (MT)


Taxa de homicídios para cada 100 mil/h: 39,6 Total de homicídios: 1.276 População: 3.224.357


Goiás (GO)


Taxa de homicídios para cada 100 mil/h: 39,5 Total de homicídios: 2.575 População: 6.523.222


Em contrapartida, São Paulo, o estado mais populoso do País, foi oque apresentou o menor índice, seguido de Santa Catarina e do Maranhão.  


Veja o quadro dos sei estados menos violentos em levantamento de 2014:


São Paulo (SP)


Taxa de homicídios para cada 100 mil/h: 10,3 Total de homicídios: 4.527 População: 44.035.304


Santa Catarina (SC)


Taxa de homicídios para cada 100 mil/h: 11,3 Total de homicídios: 762 População: 6.727.148


Maranhão (MA)


Taxa de homicídios para cada 100 mil/h: 13,3 Total de homicídios: 909 População: 6.850.884


Roraima (RR)


Taxa de homicídios para cada 100 mil/h: 14,5 Total de homicídios: 72 População: 496.936


Minas Gerais (MG)


Taxa de homicídios para cada 100 mil/h: 20,3 Total de homicídios: 4.209 População: 20.734.097


Piauí (PI)


Taxa de homicídios para cada 100 mil/h: 20,6 Total de homicídios: 659 População: 3.194.718


De acordo com os estudos feitos a respeito desse quadro, o índice tem a ver com o número de policiais disponibilizados para a segurança nas cidades. O Distrito Federal é o que apresenta o maior índice de policiais à disposição da comunidade.


Veja quantos habitantes existem para cada Policial Militar em todos os estados brasileiros, classificados da pior para a melhor taxa:


Distrito Federal (DF)


190 habitantes para cada PM Efetivo total: 15.022 policiais militares


Amapá (AP)


207 habitantes para cada PM Efetivo total: 3.635 policiais militares


Acre (AC)


293 habitantes para cada PM Efetivo total: 2.700 policiais militares


Roraima (RR)


331 habitantes para cada PM Efetivo total: 1.501 policiais militares


Rio de Janeiro (RJ)


345 habitantes para cada PM Efetivo total: 47.678 policiais militares


Rondônia (RO)


347 habitantes para cada PM Efetivo total: 4.930 policiais militares


Goiás (GO)


502 habitantes para cada PM Efetivo total: 13.000 policiais militares

Autor(a): Nilton Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Violência

Anápolis aparece em relação das cidades mais violentas do Brasil

09/06/2017

Em 2015, a taxa de homicídios por 100 mil habitantes de Anápolis, ficou em 40,9. Somada às Mortes Violentas com Causa Inde...

Governo diz que Goiás é um dos estados com menor índice criminal

09/06/2017

Os índices de criminalidade em Goiás apresentam queda sequenciada a partir de 2016. Na comparação entre janeiro e maio de...

Judiciário quer ações práticas para reduzir criminalidade em Anápolis

02/06/2017

A busca de soluções para o crescente aumento do índice de criminalidade em Anápolis foi debatida no final da tarde da úl...

Emanuelle Muniz e Emanuelle Ferreira: passageiras da agonia

04/05/2017

Emanuelle Muniz Gomes tinha 21 anos. Era transexual. Bela; extrovertida; meiga, alegre e filha carinhosa. Apesar da pouca ida...