(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Goiano será voz da oposição na liderança do DEM

Política Comentários 04 de fevereiro de 2011

O senador goiano Demóstenes Torres, será o novo líder do Democratas no Senado Federal. Ao CONTEXTO, ele adiantou que sua principal bandeira será lutar contra CPMF e realizar oposição responsável ao governo de Dilma Rousseff


O senador Demóstenes Torres será o líder do partido Democratas no Senado Federal. Ele assume o cargo no próximo dia 16 de março, no lugar de José Agripino (RN). Conforme adiantou ao CONTEXTO, a sua principal função será fazer uma oposição saudável ao governo. O DEM, segundo Demóstenes, tem como pauta lutar contra o retorno da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira), mais rigor na política fiscal e nas leis penais. Demóstenes quer ainda que o partido se destaque pela implantação do orçamento impositivo (verbas do governado federal repassadas aos Estados e municípios devem ter destinação exclusiva para áreas como saúde, educação, segurança e infra-estrutura) e defender reformas política e tributária que atendam aos interesses do país.
“O deterioramento das contas públicas é visível no Brasil, especialmente porque não há qualidade no gasto público e isso nós vamos monitorar”, sublinhou o senador.
Reeleito em outubro para o segundo mandato como senador com 2.158.812 votos, a maior votação da história de Goiás, Demóstenes Torres presidiu a Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania, considerada a mais importante do Senado, no biênio 2009/2010. Nesse período, o colegiado apreciou 2.011 proposições, tornando-se recordista em votação de matérias. Nos biênios anteriores, segundo lembrou Demóstenes no final de 2010, a média de matérias apreciadas pela CCJ era de 300 proposições.
Demóstenes informou também ao CONTEXTO que vai continuar na CCJ como suplente, deixando a vaga de titular para a senadora Kátia Abreu (DEM-TO). “Vou continuar o trabalho de aprovação das matérias de interesse de segurança pública por entendê-las fundamentais à democracia. O Brasil pode ter certeza que irei fazer uma oposição responsável e atenta ao interesse público”, disse o senador.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Política

Situação fiscal do Estado provoca embate entre Caiado e Marconi

10/01/2019

A situação fiscal de Goiás tem elevado o tom do debate entre o atual Governador, Ronaldo Caiado (DEM) e o ex-Governador Ma...

Presidente da Câmara destaca as suas prioridades e desafios do cargo

10/01/2019

Eleito recentemente para presidir a Câmara Municipal, o Vereador Leandro Ribeiro (PTB), em entrevista exclusiva ao Jornal CO...

Torcida Premiada e Desestatização estão na pauta da sessão

27/12/2018

Nesta sexta-feira, a Câmara Municipal se reúne, em caráter extraordinário, para apreciar e votar quatro projetos enviados...

Caiado garante o pagamento da folha de janeiro dos servidores

27/12/2018

O governador eleito Ronaldo Caiado (DEM) garantiu, durante coletiva de imprensa na quarta-feira, 26, que tomará todas as med...