(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Goiânia, Aparecida e Anápolis concentram um terço do eleitorado goiano

Política Comentários 29 de junho de 2012

Números divulgados pelo TSE traçam um perfil do eleitorado, neste início da guerra pelo voto. Em Anápolis, o número de pessoas filiadas aumentou e o eleitorado feminino predomina


Não é por acaso que as eleições municipais, nos três maiores colégio eleitorais de Goiás, estão chamando a atenção. Goiânia, Aparecida de Goiânia e Anápolis somam, hoje, exatos 1.360.321 eleitores aptos ao voto no pleito de outubro próximo, segundo dados disponibilizados recentemente pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em relação a maio, já constando, portanto, os eleitores que regularizaram a situação até o início daquele mês, conforme programação do calendário eleitoral.
O número de eleitores em Goiânia (846.610), Aparecida de Goiânia (271.858) e Anápolis (241.853) representa quase um terço dos 4.2 milhões de eleitores cadastrados no Estado. Justamente nestes três municípios, por exemplo, o PT e o PMDB vislumbram selar alianças, já com vistas a construir uma base sólida de apoio para a sucessão de Marconi Perillo, em 2014. Os dez municípios com mais eleitores, segundo os dados do TSE, representam quase a metade do total de eleitores. Entre os dez maiores colégios eleitorais, o que mais cresceu, na comparação entre maio de 2008 (última eleição municipal) e maio de 2012, foi Goiânia, que agregou 20,11% de novos eleitores; Aparecida de Goiânia cresceu 6,48% e Anápolis 5,74%.
Os números do TSE, também, trazem dados interessantes sobre filiações partidárias. Em Anápolis, 18.947 pessoas estão filiadas a 28 siglas partidárias, o que representa apenas 7,83% do total do eleitorado. Em relação ao pleito passado, houve um crescimento de 22,2% no número de filiados aos partidos. O PT foi o que mais cresceu numericamente na comparação entre maio de 2008 e maio de 2012, saindo de 2.111 para 2.905 filiados (794 a mais). Em seguida vem o PMDB, que saiu de 1.290 para 1.879 (589 a mais) e o PTB logo atrás, saindo de 848 para 1.327 filiados (479 a mais). Por outro lado, o PR foi o partido que sofreu maior esvaziamento, em 2008 tinha 1.560 filiados e este ano, conta com 1.510 (50 a menos). O PMN perdeu nove filiados. Tinha 123 e agora está com 114 e o PRTB perdeu seis. Tinha 169 e está agora com 163. Caso curioso é o do PCB (uma das mais antigas legendas do País) que tem, no Município, segundo o TSE, apenas quatro filiados, depois de ter perdido dois, em relação a 2008. Dois partidos novos, o PSD conta com 26 filiados e o PPL 13 filiados.

Perfil
Os dados do TSE constituem uma ferramenta importante também, para os políticos que desejam conhecer o perfil do eleitorado anapolino. Dos 241.853 aptos ao voto, 127.797 são do sexo feminino (52,84%) e 114.031 do sexo masculino (47,15%). A pesquisa divide o eleitorado em 10 faixas etárias e, em todas elas, há predominância de mulheres. A que está com maior número de eleitores fica entre as pessoas com idades que vão de 45 a 59 anos. Esta faixa soma 57.216 aptos ao voto, ou seja, 23,66% do eleitorado local. Logo encostada, está a faixa etária de 25 a 34 anos, que tem 57.132 eleitores aptos, ou seja, 23,62% dos votantes. Os menores números estão nas faixas etárias de 16 anos (voto não é obrigatório), 1.330 (0,55% do eleitorado); 17 anos, 2.712 eleitores (1,12%) e os eleitores com idade superior a 79 anos, 4.991 (2,06%). Nestas três faixas, vale lembrar, o voto não é obrigatório.
Em relação à escolaridade, a pesquisa do TSE destaca que o maior contingente de eleitores anapolinos têm o ensino fundamental completo, 71.809 eleitores (29,69%); a seguir vem os eleitores com ensino médio incompleto, 50.629 (20,93%); com ensino médio completo, 42.629 (17,63%); os que lêem e escrevem, 29.796 (12,32%); os que possuem o ensino fundamental completo, 22.517 (9,31%); os que têm ensino superior incompleto, 9.425 (3,9%), os que possuem ensino superior completo, 9.068 (3,75%) e, finalmente, os que se declararam analfabetos, 5.978 (2,47%).
Os 241.853 eleitores de Anápolis estão distribuídos em quatro zonas eleitorais. A zona com maior número de eleitores cadastrados é a 141ª. Ela conta com 81.906 eleitores. A 144ª. zona vem a seguir com 56.368 eleitores; a 3ª. zona tem 53.410 eleitores e a 137ª. zona, 50.169 eleitores cadastrados e aptos ao voto.

Os 10 maiores colégios eleitorais de Goiás
1º. Goiânia - 846.610
2º. Aparecida de Goiânia - 271.858
3º. Anápolis - 241.853
4º. Rio Verde - 111.478
5º. Luziânia - 110.789
6º. Trindade - 76.017
7º. Itumbiara - 70.379
8º. Águas Lindas de Goiás - 68.303
9º. Valparaíso - 67.768
10º. Formosa - 64.645

Filiados a partidos político em Anápolis - 2012
PT - 2.905
PSDB - 2.855
PMDB - 1.879
PP - 1845
PR - 1510
DEM - 1.418
PTB - 1.327
PPS - 770
PDT - 718
PC do B - 536
PSB - 494
PRP - 365
PSDC - 327
PSC - 314
PRB - 266
PTN - 263
PSL - 188
PTC - 181
PRTB - 163
PHS - 144
PV - 122
PMN - 114
PT do B - 98
PSTU - 70
PSOL - 32
PSD - 26
PPL - 13
PCB - 4
TOTAL - 18.947

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

Baixe o PDF de Edições Anteriores

Arte em Propaganda Arte em Propaganda

+ de Notícias Política

Ronaldo Caiado acusa Governo de usar dados para mascarar crise do Estado

08/11/2018

O governador eleito Ronaldo Caiado (Democratas) cobrou maior transparência nos dados repassados à equipe de transição pel...

Partido realiza ação social em prol da Casa Joana

08/11/2018

O Democratas Mulher Anápolis irá realizar nesta sexta-feira, 09, a partir das 09 horas, em Anápolis, uma manhã odontológ...

Vereador exige explicações para aumento da energia elétrica em Goiás

08/11/2018

O vereador João da Luz (PHS) informou na tribuna, durante a sessão ordinária da última quarta-feira,07, que esteve em Bra...

Ronaldo Caiado terá muitos desafios para enfrentar em sua terra natal

02/11/2018

Não dá para falar que se trata de uma “herança maldita”. Mas, dá para dizer que os “gargalos” de Anápolis vão o...