(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Geração de empregos formais tem bons resultados

Economia Comentários 30 de agosto de 2013

Setores da indústria e da construção civil foram os que mais contrataram com carteira assinada


Anápolis apresentou números animadores na geração de empregos formais em julho. Segundo o Ministério do Trabalho, foi registrado saldo positivo de 271 novos postos de trabalho pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).
Os segmentos que mais contrataram em julho deste ano foram a indústria com 1.482 admissões; serviços, apresentando 999 novas contratações; e a construção civil, com 413 admissões. Vale ressaltar que os números da construção civil não refletem a verdadeira situação da empregabilidade neste setor, já que grande parte destes trabalhadores atuam de maneira informal.
Parte do bom resultado se deve à política desenvolvida no município para qualificação de mão de obra. O programa Qualificar criado pela Prefeitura de Anápolis oferece diversos cursos nas diferentes áreas, observando sempre as necessidades da população e a demanda da sociedade.
O programa visa não só a inserção no mercado de trabalho, mas a permanência promovendo sua constante qualificação profissional. Desde a sua criação, em 2009, mais de 17 mil pessoas foram qualificadas através de parcerias com escolas de educação profissional ou pela própria Prefeitura de Anápolis. E a expectativa é que esse número cresça ainda mais com a inauguração de dois pólos do Centro de Formação Profissional – Cenfor, no Setor Industrial Munir Calixto e Recanto do Sol/Parque Residencial das Flores.
Outro fator preponderante para os resultados na geração de emprego e renda são os investimentos em aparelhamento público. As iniciativas refletem na atração de mais empresas para Anápolis e mesmo na ampliação das já instaladas. O beneficio do crédito ao micro e pequeno empresário, política adotada pelo município, por meio do programa Anápolis aCredita, também influencia diretamente a geração de postos de emprego formal.

Autor(a): Da Redação

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Economia

Município cai no ranking goiano de exportações

16/11/2017

Mais de US$ 1,4 bilhão. Este é o valor da corrente de comércio, representada pela soma das exportações e importações f...

Produto Interno Bruto de Goiás registra queda de 4,3% em 2015

16/11/2017

A economia goiana movimentou R$ 173,63 bilhões em 2015, valor R$ 8,62 bilhões acima do registrado no ano anterior (R$ 165,0...

Secretário se compromete a intermediar causas de empresários com a Companhia

09/11/2017

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Francisco Pontes, afirmou que vai intermediar um encontro para solucion...

Luta nacional transforma-se em uma “briga” caseira em Goiás

09/11/2017

O Governo de Goiás e o setor produtivo travam uma verdadeira batalha em torno do Decreto 9.075, de 23 de outubro de 2017, as...