(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

General do Exército faz palestra para empresários anapolinos

Economia Comentários 01 de maro de 2018

General Paulo Chagas, candidato ao Governo do DF, falou sobre o momento político e a corrupção no Brasil


O general de Brigada do Exército Brasileiro, Paulo Chagas, ministrou palestra sobre as perspectivas de desenvolvimento do eixo Anápolis-Brasília. O evento aconteceu na última quarta-feira,28, durante reunião da Associação Comercial e Industrial de Anápolis (ACIA). Nome influente dentro do Exército Brasileiro, o general Paulo Chagas é reconhecido, também, por seus posicionamentos políticos firmes, em relação à situação enfrentada pelo País. Ele, inclusive, poderá ser candidato ao Governo do Distrito Federal pelo Partido Republicano Progressista (PRP), com o apoio do presidenciável Jair Bolsonaro.
Em entrevista à imprensa, o geral Paulo Chagas avaliou que a crise poolítica instalada no País tem como um dos reflexos a pouca importância que os próprios brasileiros dão à política. Segundo ele, o Partido dos Trabalhadores contribuiu para agravar esta situação e, agora, diz, está nas mãos do povo a opção de fazer as mudanças nos rumos do País. Sobre a corrupção, ele enfatizou que ela é causa e não consequência. E, ponderou que a consequência não é de hoje, vem desde a Constituição de 1988, que se baseou na antítese do que se rotulava como autoritarismo do regime militar, “que deu solução ao País naquele momento”, pontuou. Ele, no entanto, não vê, hoje, uma situação cabível para um governo militar.
O general também falou sobre a intervenção federal na segurança pública no Rio de Janeiro, que está sendo combatida pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), apontando que esta intervenção seria inconstitucional. “Inconstitucional é não combater o crime”, assinalou.
Em sua palestra, o general Paulo Chagas falou da importância de Anápolis como mãe da Capital Federal e de como os anapolinos podem contribuir para a mudança social, política e econômica que o Brasil necessita, sobretudo neste momento de profunda crise e descrédito dos brasileiros com a própria Nação. Defendeu o resgate dos valores judaico-cristãos, o fortalecimento da Democracia com a conscientização de que todos os cidadãos precisam ser protagonistas das decisões do país, dentre outros pontos.
“A Associação Comercial e Industrial de Anápolis, a Federação das Indústrias do Estado de Goiás, mas, principalmente, a determinação e a visão de futuro dos homens e das mulheres do Estado de Goiás é que têm dado o exemplo de superação que faz vencer as dificuldades impostas pela regulamentação excessiva, pela burocracia emperrante e pelo achaque criminoso da corrupção”, ressaaltou, acrescentando: “Enxergo a ACIA e esse empresariado aqui presente como os protagonistas das mudanças de comportamento e de atitudes que fazem, hoje, de Anápolis a cidade irmã de Brasília e que, pela afinidade natural, a ajudarão a recuperar a beleza e a pujança que, outrora, foi motivo de orgulho para todos os brasileiros”. (Com informações da ACIA)

Autor(a): Claudius Brito

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Economia

Metade do ano não foi boa para os negócios internacionais em Goiás

19/07/2018

Não foi dos melhores o fechamento do semestre da balança comercial de Anápolis. Os dados, que acabam de ser divulgados pel...

Exportações goianas batem recorde em seis meses

12/07/2018

Uma boa notícia para a economia de Goiás. As exportações do Estado, no primeiro semestre deste ano, bateram recorde e som...

Preço do combustível cai em Goiás e derruba pauta do ICMS

12/07/2018

Informações da Secretaria Estadual da Fazenda dão conta de que houve queda no valor médio dos combustíveis praticado nos...

Anapolinos pagam menos pela cesta básica, segundo o PROCON

05/07/2018

O custo médio da cesta básica em Anápolis apresentou redução de 5,9% em um mês, de acordo com levantamento apresentado ...