(62) 3317 5500 • comercial@jornalcontexto.net

Gastronomia: Anápolis, além do boom industrial

Geral Comentários 05 de outubro de 2012

Desenvolvimento econômico é sinônimo de coisas novas. Na gastronomia, a Cidade já pode experimentar o maior caranguejo do mundo


Reconhecida por sua pujança industrial, Anápolis vive nos últimos anos uma era dourada de desenvolvimento e prosperidade. Foi reconhecida como uma das 20 futuras metrópoles do país; possui posição geográfica invejável e o seu principal polo industrial, o DAIA, sedia mais de 150 empresas que empregam cerca de 12 mil empregos diretos.
Inúmeros são os acontecimentos que tem colocado a cidade na vanguarda dos assuntos de economia, contudo, não é só pelo mote industrial que Anápolis tem se destacado, a gastronomia também tem exercido um fascínio único.
Com cursos rápidos e inclusive graduações em gastronomia, oferecidos pelas faculdades anapolinas, a cidade aprendeu a experimentar a arte da culinária da melhor maneira possível, saboreando pratos e iguarias da melhor qualidade.
E a novidade neste campo fica por conta da “Centolla”, nome argentino para o Caranguejo Gigante. Embora o caranguejo não seja mais uma novidade entre os frutos do mar, a iguaria é ainda pouco vista nos menus das cidades brasileiras e quem diria... já chegou a Anápolis.
Pescado no norte do Alasca, no mar de Bering e no sul da Argentina e do Chile, o maior caranguejo do planeta foi trazido para Anápolis, pelo Restaurante La Terraza. Servida com molhos especiais ou com risotto de limão siciliano, a Centolla é pescada e cozida ainda dentro do barco em água e então é congelada e exportada para o restaurante onde é mais uma vez cozinhada e então servida ainda na carcaça com o acompanhamento escolhido.
Os proprietários do restaurante, Leandro Nonato e Maya Eigenmann têm trazido produtos peculiares como a própria centolla, tartufo, escargot e outros que surpreendentemente tem feito sucesso no menu e agradado o paladar anapolino. "O interesse em trazer produtos diferenciados para compor nosso menu é tentar proporcionar ao cliente o que está sendo tendência gastronômica no mundo", observou Nonato.
De sabor singular, a carne do Caranguejo Gigante é suave e de textura mais macia do que a de uma lagosta. Resumindo é uma pedida irreverente que vale a pena ser conferida.
O caraguejo Centolla, todo aberto, pode chegar a um metro e pesa em sua fase adulta cerca de dois quilos e meio. O prato é novidade em Anápolis

Autor(a): Gabriella Pereira

Comentários


Deixe seu comentário Dê sua opinião a respeito desta notícia. Seu e-mail não será publicado.


Código Anti Span Incorreto!
Obrigado! Seu comentário foi postado com sucesso!
Falhou! Preencha todos os campos obrigatórios (*)

+ de Notícias Geral

Adoção de selo eletrônico é adiada

22/06/2017

A Secretaria da Fazenda informa que a obrigatoriedade de uso do Selo Fiscal Eletrônico para as embalagens descartáveis de ...

Jovem anapolino abre portas para o difícil universo das fragrâncias

15/06/2017

O jovem anapolino Helder Machado Owner é um exemplo de que o empreendedorismo não tem barreiras. A primeira coisa para aven...

Subseção da OAB entrega Moção a juíza de Anápolis

09/06/2017

A juíza titular da 2ª Vara de Família e Sucessões da comarca de Anápolis, Aline Vieira Tomás, recebeu, na segunda-feira...

Controle da folha de pagamento é um desafio para a Prefeitura

02/06/2017

Dentro do que preconiza a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o Prefeito Roberto Naves e a equipe econômica apresentaram, ...